Por Dilson Oliveira, do Futebol do Amazonas Estatísticas

No Pai-Filho desta quarta (08), deu Nacional. Com a vitória por 1 a 0 em cima do Fast, o Leão da Vila Municipal conquistou mais três pontos e a vice-liderança do Campeonato Amazonense. Como era de se esperar num clássico de grande tradição, terminou em confusão e demissão de técnico.

O Jogo

Um belo jogo na noite da última quarta (08), no estádio do SESI, em Manaus. Fast e Nacional protagonizaram uma partida cheia de alternativas e emoção. Os mais de 800 torcedores pagantes viram um bonito espetáculo de bola.

Aos 22 minutos, o Nacional chegou com perigo, Charles avançou pelo meio e tocou para Edvan, o meia não teve categoria e mandou a bola para fora. Aos 28 minutos, resposta fastiana, Lacraia passou por três marcadores, mas na hora de finalizar, desperdiçou a chance de fazer um golaço.

Aos 35 minutos, o gol da vitória nacionalina, Charles aproveitando rebote da zaga, não perdoando, mandou para o fundo das redes de Naylson. Antes do intervalo, o Fast perdeu uma chance incrível de gol, Carlinhos chutou em cima de Jairo, e no rebote, Lacraia isolou.
Na volta do intervalo, o Fast melhorou e começou a pressionar o adversário. Aos 27 minutos, lindo lance, no cruzamento de Emerson, Catatau tentou a bicicleta, mas a bola foi para fora. Aos 43 minutos, mais Tricolor de Aço, Emerson chutou forte, Jairo rebateu, e no rebote, o zagueiro Rodrigo mandou em cima do arqueiro.
No último lance, confusão generalizada, após falta cobrada por Michel Parintins, a zaga rebateu, e Catatau chutou em cima de Alexandre. Os jogadores do Fast protestaram penalidade máxima, no empurra-empurra, o goleiro Naylson peitou o árbitro Djalma Silva de Souza que caiu no gramado aumentando ainda mais o desentendimento. Em meio a protestos o jogo foi encerrado.
Uidemar pede demissão
Apesar da vitória no clássico, o técnico Uidemar de Oliveira anunciou sua demissão do Nacional logo após a partida. O motivo alegado pelo comandante foi o clima insustentável no clube, já a diretoria acredita que o treinador deve ter recebido proposta de outro clube, segundo o vice-presidente Gilson Mota: “Ele é profissional, não vai sair de um clube se não tem outra proposta à vista”.
Próxima rodada
O Nacional irá enfrentar o Holanda neste sábado (11), a partida será realizada no estádio da Colina, em Manaus. Já o Fast Clube receberá o CDC Manicoré no Afonsão, no Careiro Castanho.
FICHA TÉCNICA
NACIONAL 1X0 FAST
Local: Estádio do SESI, em Manaus (AM)
Data/hora: 08/02/2012, ás 15h30 (Horário local)
Árbitro: Djalma Silva de Souza
Assistentes: Marcos Silva e Marleudo Nunes
Público: 876 pagantes
Renda: R$ 7.255,00
Gols: 35/1T – Charles (Nacional)
NACIONAL - Jairo; Amaral (Tiago Amazonense), Santiago, Alexandre e Klayton; Tiago Mariano, Álvaro, Hugo (Messi) e Edvan; Leonardo e Charles (Carlos Henrique). Técnico: Uidemar Oliveira.
FAST - Naílson; Catatau, João Gomes, Fábio Gomes (Rodrigo) e Alberto; Carlinhos (Júnior Negão), Emerson, Michel e Roberto Dinamite; Nando e Lacrai. Técnico: Paulo Morgado.