Por Esporte Total Pará

Atual campeão paraense, o Independente estreou na Copa do Brasil perdendo por 1 a 0 para o São Paulo, do meia Lucas, que ganha cerca de R$120 mil por mês, valor que pagaria toda a folha salarial do time de Tucuruí. O resultado garantiu o jogo de volta e exatos R$ 485.546,82 aos cofres do Galo Elétrico.

Esse valor é fruto da soma da renda líquida do jogo contra os paulistas (R$ 365.546,82) e a cota de participação na Copa do Brasil (R$ 120 mil).

Compra de CT - Como reservou R$ 50 mil para premiar os jogadores e comissão técnica, além de separar cerca de R$ 120 mil  para pagar despesas (transporte, hospedagem, alimentação, entre outros), o clube ainda dispõe de R$ 315 mil para investir no futuro Centro de Treinamentos, como planeja a diretoria.

Fora isso, o Independente recebe cerca de R$ 104 mil por mês de patrocinadores, tem as rendas do Parazão e ainda deve ter lucro institucional à medida que fica conhecido no mercado nacional.