Por Kátia De Paula, do DNAzul.

Semana de preparação para o maior e melhor jogo de Santa Catarina.

Todos que acompanham esse blog, já sabem o quando amo esse jogo.

O clássico é, e pronto!

É dos apaixonados.

É o jogo que quer ser jogado. Valioso.

Imagine quando está em disputa um título.

Brincadeiras, gozações, apostas, tensão, loucura, animação, comprometimento, raça, força.

Assim é Avaí x Figueirense.

Se o futebol é uma caixinha de surpresa, o clássico é uma caixa de Pandora.

Tudo é exposto, mostrado, combatido, dificultado, esparramado e lá se vai…

o irmão; o pai; o amigo; o chefe; o favoritismo…

Um extasiar-se sem fim.

O jogo que nunca termina.

Vai (sempre) pra cima deles, Leão!