Por Maranhão Esportes.

O Sampaio Corrêa-MA e Mixto-MT se enfrentam neste domingo, às 19 horas, no Estádio Gaspar Dutra, mais conhecido como Dutrinha, pela primeira partida das quartas-de-final do Campeonato Brasileiro da Série D. O jogo de volta acontecerá no dia 23 de setembro, às 17 horas, no Castelão, em São Luís. Por ser uma decisão em dois jogos, como se fosse um jogo de 180 minutos, vence o time que somar mais pontos. Em caso de empate, o gol marcado na casa do adversário vale dois, e persistindo a igualdade de pontos e gols, a decisão será por cobrança de pênaltis.

O vencedor deste duelo conquistará o acesso à Série C e enfrentará nas semifinais da competição o vencedor de Campinense-PB x Baraúnas-RN, que já se enfrentaram ontem. O Sampaio viajou com moral para essa decisão, depois de manter sua invencibilidade na Série D ao bater o Vilhena-RO, por 4 a 1, quarta-feira passada, na reabertura do estádio Castelão, em São Luís, garantindo as quartas-de-final. Até aqui, o Tricolor maranhense já disputou dez partidas no Nacional, e obteve nove vitórias e um empate (2×2), em Vilhena-RO, pela 2ª fase. Na primeira fase, o Tubarão venceu todos os oito jogos que realizou no Grupo A2.

“Demos mais um importante passo para conquistarmos nosso objetivo. Esta vitória mostrou mais uma vez a força do nosso elenco. O time se mostra capacitado a cada jogo e isso é muito importante”, disse o treinador do Sampaio Corrêa, Flávio Araújo. O Mixto, por sua vez, passou nas oitavas de final pelo Remo-PA, com uma vitória, por 2 a 0, em Cuiabá e uma derrota em Belém, por 2 a 1. Esse gol fora, portanto, valeu a classificação do Tigre.

RETROSPECTO – Sampaio e Mixto pertenciam ao mesmo grupo, o A2, na primeira fase da Série D e se enfrentaram duas vezes. Em ambos os confrontos o Sampaio Corrêa foi vencedor. Na primeira partida em Cuiabá (MT), 3 a 1 e no segundo jogo, no Estádio Nhozinho Santos, em São Luís (MA) 1 a 0, numa partida em que o Tubarão já estava classificado com duas rodadas de antecipação em 1º lugar. Os bolivianos viajaram conscientes de que a situação agora é outra, por isso, nada de “oba-oba”.

EQUIPES – No Sampaio Corrêa, o técnico Flávio Araújo vai promover o retorno do atacante Célio Codó, que cumpriu suspensão automática no jogo passado. Ele fará dupla de ataque com Pimentinha, o novo xodó da galera tricolor, que desequilibrou na goleada sobre o VEC (4×1) e ganhou a confiança do treinador. Júnior Chicão ficará no banco de reservas. “Temos que ter muita atenção. O Mixto é um dos grandes clubes da Série D. Sem falar que eles eliminaram o Remo, um dos favoritos. É preciso ter cuidado e respeito. Mas nem por isso deixaremos de jogar o nosso jogo”, disse Flávio Araújo, que está em Cuiabá desde este sábado à tarde.

O Mixto, por sua vez, tem como arma principal o Estádio Dutrinha, que tem sido importante na trajetória rumo ao acesso à Série C. Sabendo dessa importância, os jogadores ‘convocam’ a torcida mixtense para apoiar o time. “É o 12 jogador. Os torcedores vão incentivar como fizeram contra o Remo. Esperamos que neste domingo, eles lotem o Dutrinha para sairmos na frente deste mata-mata”, finalizou o atacante Nonato, artilheiro do Mixto, com oito gols.

Optando por Leandro César na lateral-esquerda, o técnico Everton Goiano fez experiências no meio-campo e no ataque do Mixto no primeiro coletivo da semana. Os titulares venceram por 2 a 1, e o time começou com Jamba, no lugar de Cleber, que está no departamento médico. No decorrer do treino, Goiano tirou Jamba e Furlan, colocando Eder Belém e Igor. Cléber, sentindo o joelho direito, não treinou, mas sua presença é dada como “certa” para o primeiro confronto com o Sampaio Corrêa.

O volante Cleber sentiu uma contusão durante a semana e se tornou dúvida para o primeiro confronto. Desfalque certo será o lateral-esquerdo, Julia, suspenso pelo terceiro cartão amarelo. “O Cleber a gente vai aguardar. Ele vem jogando no sacrifício”, ressalta o técnico Everton Goiano, que já pensa no substituto. “Se não podermos utilizar o Cleber, ire escalar o Jamba. Esse é confiança total”, afirmou o treinador do Mixto.

Outra dúvida será quanto ao substituto do lateral-esquerdo, Julian, suspenso pelo terceiro cartão amarelo, recebido no confronto contra o Remo, em Belém. Leandro Cesar e Jeanzinho disputam a vaga de Julian. “Temos duas opções, vamos aguardar para ver quem poderá começar jogando”, ressalta Goiano.

FICHA TÉCNICA:
MIXTO: Perereca; Ley, Kal, Cris e Leandro Cesar (Jeanzinho); Cléber (Jamba), Kiko, Paulo Almeida e Robinho; Nonato e Furlan Técnico: Everton Goiano
SAMPAIO: Rodrigo Ramos; Roniery, Mimica, Carlinho Rech e Deca; Robson Simplício, Arlindo Maracanã, Eloir e Cleiton; Pimentinha e Célio Codó Técnico: Flávio Araújo
Local: Estádio Presidente Dutra, em Cuiabá. Árbitro: Cleber Vaz da Silva- GO Assistentes: Jesmar Benedito Miranda de Paula-GO e João Patrício de Araujo-GO