WordPress database error: [Table 'futepoca1.sb_cf7dbplugin_submits' doesn't exist]
ALTER TABLE `sb_cf7dbplugin_submits` MODIFY form_name VARCHAR(127) CHARACTER SET utf8

WordPress database error: [Table 'futepoca1.sb_cf7dbplugin_submits' doesn't exist]
ALTER TABLE `sb_cf7dbplugin_submits` MODIFY field_name VARCHAR(127) CHARACTER SET utf8

WordPress database error: [Table 'futepoca1.sb_cf7dbplugin_submits' doesn't exist]
ALTER TABLE `sb_cf7dbplugin_submits` MODIFY field_value longtext CHARACTER SET utf8

WordPress database error: [Table 'futepoca1.sb_cf7dbplugin_submits' doesn't exist]
ALTER TABLE `sb_cf7dbplugin_submits` ADD COLUMN `field_order` INTEGER

WordPress database error: [Table 'futepoca1.sb_cf7dbplugin_submits' doesn't exist]
ALTER TABLE `sb_cf7dbplugin_submits` ADD COLUMN `file` LONGBLOB

WordPress database error: [Table 'futepoca1.sb_cf7dbplugin_submits' doesn't exist]
ALTER TABLE `sb_cf7dbplugin_submits` ADD INDEX `submit_time_idx` ( `submit_time` )

WordPress database error: [Table 'futepoca1.sb_cf7dbplugin_submits' doesn't exist]
ALTER TABLE `sb_cf7dbplugin_submits` MODIFY COLUMN submit_time DECIMAL(16,4) NOT NULL

WordPress database error: [Table 'futepoca1.sb_cf7dbplugin_submits' doesn't exist]
ALTER TABLE `sb_cf7dbplugin_submits` ADD INDEX `form_name_idx` ( `form_name` )

WordPress database error: [Table 'futepoca1.sb_cf7dbplugin_submits' doesn't exist]
ALTER TABLE `sb_cf7dbplugin_submits` ADD INDEX `form_name_field_name_idx` ( `form_name`, `field_name` )

37ª rodada

Posts Tagged ‘37ª rodada’

Série B 2013: Chapecoense bate Icasa no Romeirão

sábado, novembro 23rd, 2013

Por Espaço do Verdão.

A torcida fez muita festa. Os jogadores tinham discurso cauteloso, mas firme. E toda a cidade de Juazeiro do Norte acreditava que o Icasa sairia do jogo deste sábado, contra a Chapecoense, pela 37ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro, dependendo de um mero empate para garantir o acesso no derradeiro jogo de 2013. Mas, em campo, a situação foi bem outra. Os catarinenses impuseram forte marcação e saíram com a vitória do Romeirão: 2 a 1.

Nem mesmo o clima de fé que rodeava todo o estádio foi suficiente. A ajuda dos céus não sustentou a ansiedade do Verdão do Cariri. À medida em que o relógio foi denotando o passar do tempo, os jogadores deixaram de lado o esquema tático e foram ao ataque de qualquer forma, mas sem resultado.

Os chapéus – símbolo dos romeiros em Juazeiro – erguidos pelos torcedores no início da partida foram guardados e o Icasa precisará de uma vitória fora de casa, na última rodada, e mais uma combinação de resultados para subir de divisão. Tudo porque o artilheiro Bruno Rangel e Paulinho Dias maracaram para a Chapecoense, que já está garantida na Série A. Chapinha fez o tento dos donos da casa.

Na última rodada, o Icasa vai a Curitiba encarar o Paraná, no sábado (30), às 17h20m (horário de Brasília). Já a Chape joga com o Palmeiras, em casa, no mesmo dia e horário.

Nos primeiros 15 minutos, quem esperava um Icasa arrasador viu um time mais comedido e preocupado em não errar as jogadas. Mesmo assim, Chapinha e Juninho Potiguar arriscaram chutes de fora da área, sem muito perigo. A Chapecoense sentia dificuldades em chegar ao campo de ataque. Uma única vez, a bola quase sobra para Bruno Rangel.

Mas a partir do minuto 17, o panorama do jogo foi mudando aos poucos. O Verdão do Cariri foi aumentando a pressão em uma crescente. Pelas laterais, Neilson e Gustavo ameaçavam com cruzamentos precisos. Aos 16 minutos, Juninho Potiguar criou a melhor jogada do primeiro tempo. Ele avançou pela direita, driblou dois zagueiros e cruzou. Danilo espalmou e a bola ainda bateu na trave.

A Chape, por sua vez, resolveu ousar mais quando se sentiu ameaçada. Potita e Bruno Rangel se mostraram mais agudos a partir dos 20 minutos. Resolveram arriscar chutes e também cruzamentos. O técnico Gilmar Dal Pozzo usou de pura tática para dar poucos espaços à equipe alviverde e, ao mesmo tempo, sair em contra-ataques que levavam certo perigo à meta de João Ricardo.

No entanto, a pressão icasiana não resultou em muita coisa na primeira etapa. Mesmo com os gritos de incentivo dos torcedores com seus chapéus de palha em riste, o ataque do Icasa não produzia a contento. Enquanto isso, a Chape se aproveitava para ter mais força e continuar contra-atacando. Também sem objetividade, mas com raça debaixo de um calor de 37º. E esse foi o panorama inicial…

E como o ataque icasiano não rendia, a bola acabou entrando do outro lado. Bruno Rangel partiu em velocidade e chutou na saída de João Ricardo. A bola ainda desviou em Naylhor e parou no fundo das redes: 1 a 0 para os visitantes.

Ao Verdão do Cariri, só restava pressionar ainda mais. E na base do esforço de Chapinha, o empate veio seis minutos depois. Ele precisou chutar duas vezes para vencer a defesa catarinense.

A partir daí, o jogo ganhou uma emoção que não vinha apresentando até então. Icasa e Chape se revezavam em jogadas perigosas. E ao passo que o tempo corria, o Romeirão se tornava uma enorme panela de pressão: quente dentro e fora de campo.

Neste contexto, a bola parou no pés de Paulinho Dias. Ele, sem pensar duas vezes, arriscou chutaço de longe e venceu o goleiro João Ricardo: 2 a 1. Eram 23 minutos da etapa final e a torcida começava a ver a vantagem alviverde na tabela se esvair. Mesmo assim, embora tivesse episódios de silêncio, conseguia forças para gritar pelo Verdão.

Sem esquema tático e na raça, o Icasa atendia ao pedido da torcida. Chapinha, o mais ativo no setor ofensivo da equipe cearense, teve boa oportunidade quando chutou da pequena área, mas viu o zagueiro da Chapecoense salvar o empate.

Aos 40 minutos, os catarinenses administravam a vitória e se fechavam para impedir que o Icasa chegasse, pelo menos, ao 2 a 2. O estádio já era também mais silencioso. Os torcedores já não balançavam seus chapéus, que deveria ser o símbolo da raça e da fé sertaneja. Alguns arriscavam o coro de ‘Eu acredito!’, mas sem a mesma força do início da partida.

Igual ao Verdão do Cariri, que viu o árbitro indicar o centro do campo, onde a esperança começou a acabar. A Chape saiu de campo como a coadjuvante indigesta.

Série B – quem luta contra o rebaixamento

quinta-feira, novembro 21st, 2013

Por Blog do Loredo.

Equipes que lutam diretamente contra o rebaixamento:
CAMPEONATO BRASILEIRO 2013 – SÉRIE B
EQUIPES
PG
JG
V
E
D
GP
GC
SG
AP%
12
AMÉRICA-RN
45
36
11
12
13
44
52
-8
41,7%
13
OESTE-SP
45
36
11
12
13
40
52
-12
41,7%
14
BRAGANTINO-SP
43
36
12
7
18
35
42
-7
39,8%
15
ABC-RN
42
36
12
6
18
44
58
-14
38,9%
16
GUARATINGUETÁ-SP
41
36
11
8
17
39
48
-9
38,0%
17
PAYSANDU-PA
39
36
10
9
17
40
55
-15
36,1%
18
ATLÉTICO-GO
38
36
10
8
18
36
49
-13
35,2%
19
SÃO CAETANO-SP
35
36
9
8
19
43
56
-13
32,4%

O que cada um precisa fazer nestas últimas duas rodadas:

América-RN: precisa de um ponto. Adversários: São Caetano (f), Oeste (c).
Oeste-SP: precisa de um ponto. Adversários: Atlético-GO (c), América-RN (f).
Bragantino: precisa de dois pontos. Adversários: Paysandu (f), Figueirense (c).

Times que lutam contra o rebaixamento (Arte: Sílvio Loredo)

ABC-RN: precisa de três pontos. Adversários: Avaí (c), América-MG (f).

Guaratinguetá-SP: precisa de quatro pontos. Adversários: Paraná (c), Atlético-GO (f).
Paysandu-PA: precisa de seis pontos e depende que Bragantino, ABC-RN ou Guaratinguetá não ultrapassem a 45 pontos. Adversários: Bragantino (c), Sport (f).
Atlético-GO: precisa de seis pontos e ainda depende de ao menos dois times entre Bragantino, ABC-RN, Guaratinguetá e Paysandu não ultrapassem a marca de 44 pontos. Adversários: Oeste-SP (f) e Guaratinguetá-SP (c).

São Caetano: precisa de seis pontos e ainda depende que Atlético-GO, Paysandu-PA e Guaratinguetá-SP não ultrapassem os 42 pontos. Adversários: América-RN (c), ASA-AL (f).

Criciúma retorna à elite do futebol em 2013

domingo, novembro 18th, 2012

Por Blog do Lucas Heckler. Texto e foto por Fernando Ribeiro¹

Depois de algumas semanas de uma espera agoniante, enfim o torcedor criciumense pode comemorar o principal objetivo na temporada. O Criciúma, com uma rodada de antecedência, está de volta à elite do futebol brasileiro. Na tarde deste sábado, dia 17, no estádio Heriberto Hülse, o Tigre ficou no empate em 0 a 0 contra o Atlético Paranaense.

Com a igualdade, o Criciúma foi a 72 pontos e não pode ser mais alcançado pelo quinto colocado, o São Caetano, com 68. O Goiás está na liderança, com 75 pontos. O Atlético Paranaense ocupa o terceiro posto, com 70. Fecha o G-4 o Vitória, com 70. O Tigre fecha a participação na Série B no sábado, dia 24, às 16h20min, contra o Avaí, no estádio da Ressacada, em Florianópolis.

Precisando da vitória para não depender de nenhum outro resultado, o Criciúma partiu para cima. Logo no início, Matheus Ferraz cabeceou e o goleiro Santos fez boa defesa. Em seguida, Matheus Ferraz marcou de cabeça, mas o árbitro marcou impedimento de Lins, quem deu o passe.

Na segunda etapa, o jogo manteve-se morno, com poucas chances de gol para os dois lados. Quando a partida seguida em andamento, o duelo entre São Caetano e Goiás terminava em 1 a 1. O resultado bastava para o Tigre garantir o acesso. A torcida começou a cantar e comemorar antes mesmo do fim do confronto. Após o jogo a festa foi grande. Durante a entrevista coletiva do técnico Paulo Comelli, os jogadores invadiram, deram um banho no comandante e comemoraram o acesso.

¹ Colaboração/Assessoria de Comunicação do Criciúma Esporte Clube

Tigre retorna para a elite

domingo, novembro 18th, 2012

Via: :::Lucas Heckler:::
Leia a íntegra


Mesmo derrotado, Náutico sobe; e o Boa sonha

sábado, novembro 19th, 2011

Por Blog do Boa.

Apesar de ter sido derrotado pelo Boa Esporte, por 2 a 1, com um gol marcado pelo atacante Marques, aos 40 minutos do segundo tempo, neste sábado, no estádio Melão, em Varginha, o Náutico conseguiu seu objetivo e confirmou sua vaga na elite do futebol brasileiro em 2012. Dessa forma, na última rodada, quando receberá a Ponte Preta, em Recife, no final de semana que vem, o time pernambucano fará festa para comemorar o feito. A equipe de Campinas também se classificou com uma rodada de antecedência.

O time pernambucano levou o susto de tomar um gol no final da partida, quando tentava administrar o empate, mas foi beneficiado por resultados negativos de concorrentes diretos à uma vaga ao acesso e, dessa forma, garantiu a classificação para a disputa da Série A na temporada que vem. “Os resultados nos favoreceram, a gente tem todo o direito, fizemos ótimo jogo, numa infelicidade perdemos, mas está ótimo, é uma competição não é um jogo só, valeu a pena e o grupo todo está de parabénsd”, comentou o técnico Waldemar Lemos. “A nossa felicidade é muito grande e temos motivos para comemorar”, acrescentou.

Já o Boa Esporte, com o triunfo dramático, chegou aos 56 pontos, em sétimo lugar, mas manteve as chances matemáticas de conseguir o acesso logo na primeira vez que disputou a Série B. O representante mineiro, que antes do início do certame era apontado como um dos ‘candidatos’ ao rebaixamento, ainda sonha em pleitear vaga à Primeira Divisão na próxima temporada.

A vitória  marcou a despedida do Boa do torcedor de Varginha, o que o adotou após a mudança de sede e de nome. O ex-Ituiutaba fará sua última partida pela Série B de 2011 fora de casa contra o lanterna e rebaixado Duque de Caxias. Além de vencer essa partida, terá de contar com derrotas de Sport, Vitória e Bragantino, que enfrentarão, todos como visitantes, Vila Nova-GO, ASA e Paraná.

O Náutico, que havia caído para a Série B em 2009, quando terminou o Brasileirão em 19ª lugar, com apenas 38 pontos, volta à elite depois de ficar dois anos na Segunda Divisão nacional. Ano passado, já na Série B, o Náutico foi o 13º colocado. O técnico Waldemar Lemos conclamou a torcida a recepcionar os jogadores no aeroporto, no retorno à capital pernambucana. “Não é mole não, é muita luta para a gente chegar onde chegou, tivemos de superar muitas dificuldades”, destacou.

O primeiro tempo da partida foi bastante movimentado. O time da casa saiu à frente do placar, logo aos 15 minutos, com o atacante Valdo, substituto do artilheiro Jheimy, aproveitando cruzamento de Carlos Magno pela direita. Porém, o Náutico não desanimou e conseguiu o empate, sete minutos depois, por meio do atacante Kieza.

Apesar dos dois gols antes dos 30 primeiros minutos de partida, o confronto decisivo não perdeu em velocidade. O Náutico era melhor e partiu para cima, buscando a virada. Insatisfeito com o rendimento do Boa, o técnico Nedo Xavier resolveu mudar a equipe ainda na etapa inicial, Laércio entrou em lugar de Higo, deixando o time mineiro mais ofensivo.

Os dois times voltaram com as formações que encerraram o primeiro tempo. O Boa começou atacando mais, mas, aos poucos o Náutico conseguiu equilibrar as ações, reduzindo o ímpeto adversário e levando perigo ao gol defendido por Luiz Henrique. O time da casa ainda perdeu Carlos Magno, contundido, que foi substituído por Maranhão.

As duas equipes tiveram chances de desempatar, mas as desperdiçaram. O Boa atacava e o Náutico se posicionava para contra-atacar. A pressão do time da casa tornou-se mais intensa a partir dos 30 min. Aos 37min, Marques teve grande chance, mas finalizou errado. Três minutos depois, o mesmo atacante, aproveitou pase de Laércio, de cabeça, e desempatou o jogo.

Super Esportes: Escalação de Sport e Paraná para jogo desta tarde

sábado, novembro 19th, 2011

Via: MeuSport Novidades
Leia a íntegra


Super Esportes: Escalção de Sport e Paraná para jogo desta tarde

sábado, novembro 19th, 2011

Via: MeuSport Novidades
Leia a íntegra


Super Esportes: Paraná avisa que está motivado para encarar o Sport, na Ilha

sábado, novembro 19th, 2011

Via: MeuSport Novidades
Leia a íntegra


Uol: Franco-atirador, Paraná tenta atrapalhar o Sport, que sonha com o acesso (19/11/11-06h05)

sábado, novembro 19th, 2011

Via: MeuSport Novidades
Leia a íntegra


Confira o início da 37ª rodada da Série B

sábado, novembro 19th, 2011

Por Diego Ivan, do Papo Alvinegro.

37ª RODADA

17/11/2011

19h30 Portuguesa 4 x 0 Duque de Caxias


18/11/2011

16h00 Ponte Preta  x ABC
16h00 Bragantino  x ASA
16h00 Sport  x Paraná Clube
16h00 Americana  x Vila Nova-GO
16h00 Salgueiro  x Guarani
16h00 Criciúma  x Grêmio Barueri
16h00 Goiás  x Icasa
16h00 Boa  x Náutico
16h00 Vitória  x São Caetano

eXTReMe Tracker