WordPress database error: [Table 'futepoca1.sb_cf7dbplugin_submits' doesn't exist]
ALTER TABLE `sb_cf7dbplugin_submits` MODIFY form_name VARCHAR(127) CHARACTER SET utf8

WordPress database error: [Table 'futepoca1.sb_cf7dbplugin_submits' doesn't exist]
ALTER TABLE `sb_cf7dbplugin_submits` MODIFY field_name VARCHAR(127) CHARACTER SET utf8

WordPress database error: [Table 'futepoca1.sb_cf7dbplugin_submits' doesn't exist]
ALTER TABLE `sb_cf7dbplugin_submits` MODIFY field_value longtext CHARACTER SET utf8

WordPress database error: [Table 'futepoca1.sb_cf7dbplugin_submits' doesn't exist]
ALTER TABLE `sb_cf7dbplugin_submits` ADD COLUMN `field_order` INTEGER

WordPress database error: [Table 'futepoca1.sb_cf7dbplugin_submits' doesn't exist]
ALTER TABLE `sb_cf7dbplugin_submits` ADD COLUMN `file` LONGBLOB

WordPress database error: [Table 'futepoca1.sb_cf7dbplugin_submits' doesn't exist]
ALTER TABLE `sb_cf7dbplugin_submits` ADD INDEX `submit_time_idx` ( `submit_time` )

WordPress database error: [Table 'futepoca1.sb_cf7dbplugin_submits' doesn't exist]
ALTER TABLE `sb_cf7dbplugin_submits` MODIFY COLUMN submit_time DECIMAL(16,4) NOT NULL

WordPress database error: [Table 'futepoca1.sb_cf7dbplugin_submits' doesn't exist]
ALTER TABLE `sb_cf7dbplugin_submits` ADD INDEX `form_name_idx` ( `form_name` )

WordPress database error: [Table 'futepoca1.sb_cf7dbplugin_submits' doesn't exist]
ALTER TABLE `sb_cf7dbplugin_submits` ADD INDEX `form_name_field_name_idx` ( `form_name`, `field_name` )

Atlético-PR

Posts Tagged ‘Atlético-PR’

América-RN obtém bom empate com o Atlético-PR

quarta-feira, novembro 7th, 2012

Por Blog do Niltinho Ferreira.

No jogo que abriu a 35ª rodada da Série B, o América empatou com o Atlético-PR 1 a 1 na tarde desta terça-feira no Ecoestádio, em Curitiba. O Atlético abriu o placar com Elias, enquanto Pingo empatou para o alvirrubro.

O América se mantém na 8ª posição somando 52 pontos, enquanto o Atlético-PR chegou aos 66 pontos e continua no 3º lugar e em situação tranquila para o acesso à Série A.

Na 36ª rodada, o América vai enfrentar o Criciúma-SC no sábado às 15h20 no estádio Nazarenão, em Goianinha.

Ficha Técnica

Atlético-PR: Weverton; Maranhão, Manoel, Cleberson e Pedro Botelho (Wellington Saci); Deivid, João Paulo, Henrique (Ricardinho) e Elias (Paulo Baier); Marcelo e Marcão.

América: Dida, Cléber, Edson Rocha e Rodrigão (Tiago Galhardo); Norberto, Wanderson; Márcio Passos, Michel (Pingo), Fabinho e Netinho; Isac (Zé Antônio).

Goiás muda ataque para pegar Atlético-PR

sexta-feira, setembro 14th, 2012

Por Eu Sou Goiás.

O técnico Enderson Moreira comandou na manhã desta sexta-feira, (14/09), o último treinamento do Goiás, no CT Edmo Pinheiro, antes da partida deste sábado, às 16:00, no Estádio Serra Dourada. Como é de praxe em vésperas dos jogos, o elenco esmeraldino realizou um treinamento recreativo, o tradicional rachão.

O comandante esmeraldino comentou a postura que as equipes rivais têm adotado quando jogam no Serra Dourada, e não acredita que o time paranense jogue recuado. Veja.

Enderson Moreira: “Nossos jogos em casa têm sido mais difíceis em virtude da postura dos adversários. Qual time veio aqui e nos encarou de igual para igual, como nós os encaramos lá fora? Acredito que o Atlético-PR tem tudo para fazer isso, o Ricardo Drubcsky, treinador do Atlético, costuma jogar para frente”.

O clima seco e o forte calor em Goiânia tem sido tema de debate nos últimos dias. Contudo, o treinador alviverde não vê os fatores climáticos como decisivos para a partida deste sábado. Confira.

Enderson Moreira: “Na minha concepção não vai ser um fator determinante, mas é um detalhe. Perguntei aos atletas se quando vamos jogar no sul se o frio atrapalhava tanto, eles disseram que incomoda, mas não influenciava no resultado final da partida, aqui deve ser da mesma forma”.

Foto: Rosiron Rodrigues – Goiás E. Clube. Continue lendo aqui

Análise: ABC na Série B x ABC na Série C

domingo, julho 15th, 2012

Por Gustavo Lucena, do Papo Alvinegro.

Porque o ABC consegue montar times mais competitivos quando está na Série C, e quando chega na Série B vira um balcão de empresários, com o time inchado de jogadores de péssima qualidade?

Alguém sabe me responder a pergunta?

Os times montados para a Série B têm demorado e muito para se acertar, e muitas vezes não dar tempo. O ABC é invadido por um exército de murrinhas que só fazem inchar os cofres do clube.

Na Série C, estranhamente a palavra planejamento é bastante usada. As contratações são mais racionais e geralmente o time se reforça com 1 ou 2 jogadores verdadeiramente diferenciados, e prestigia jogadores formados aqui no RN. Foi assim em 2007, com Wallyson, Nêgo e Juninho Petrolina (que quando queria jogava bola).  Foi assim em 2010 quando se mesclou Cascata, R. Oliveira, Basílio, Jackson  e Leandrão com João Paulo, Wellington e Renatinho Potiguar.

Por que o ABC na Série C – mesmo com uma limitação orçamentária bem menor – consegue ser mais organizado e competitivo que o ABC na Série B?

É essa a pergunta que me faço diante do caos administrativo porque passa o futebol do ABC FC.

João Paulo Silva deixa Ponte Preta e acerta com Atlético-PR

sábado, julho 7th, 2012

Via: Blog do Ademar (Futebol Caipira, Nacional e Internacional)
Leia a íntegra


NÚMEROS DO JOGO ATLÉTICO-PR 0 X 0 BRAGANTINO

domingo, julho 1st, 2012

Via: BLOG DO LOREDO
Leia a íntegra


ATLÉTICO E BRAGANTINO NÃO SAEM DO ZERO

domingo, julho 1st, 2012

Via: BLOG DO LOREDO
Leia a íntegra


Série B: Goiás e Atlético-PR ficam no 0 a 0

sábado, junho 16th, 2012

Por Eu Sou Goiás.

O Goiás foi a campo na tarde deste sábado (16/06),ás 16:20. A partida aconteceu no estádio Gigante do Itiberê à 90 km da capital Curitiba-PR. Válida pela 6º rodada do campeonato brasileiro Série B 2012 o verdão só conseguiu empatar por 0×0 com Atlético-PR.

As duas equipes que dividem o meio da tabela,foram em busca da vitória para sair dessa situação.

Um jogo de dois tempos com muita marcação e bastante truncado,e erros passes grotescos de ambos os lados.

O JOGO

PRIMEIRO TEMPO

O Goiás iniciou a partida com mais vontade,e o primeiro lance de perigo foi da equipe esmeraldina,em uma cobrança de falta feita por David que cruzou na área e Ricardo Goulart  cabeceou forte,mas a bola saiu pela esqueda do gol atleticano.

Melhor na partida com boa posse de bola e buscando mais atacar o Goiás errava muitos passes,conseguia movimentar e tocar a bola de pé em pé pelas laterais sempre buscando o atacante Felipe Amorim. O atacante teve um bom primeiro tempo,iniciou bem depois de ficar fora da equipe titular por alguns jogos.

A equipe atleticana conseguiu seu primeiro ataque  com Edgar Junior,quando carregava a bola pela esquerda do ataque,e David fez falta na entrada da área verde,que Paulo Baier ex-Goiás cobrou em cima da barreira que resvalou e saiu para escanteio. Na sequência da jogada depois da cobrança de escanteio a bola sobrou e no bate rebate Thiago Mendes fez falta e Paulo Baier mais uma vez foi para cobrança,levantando na área,mas o estreiante goleiro Edson afastou o perigo socando a bola.

Aos 14 minutos da etapa inicial Felipe Amorim sofreu falta próximo a meia lua da grande área,e Egídio foi para cobrança,mas chutou  na barreira adversária.
Egídio aos 21 minutos do primeiro tempo arriscou de longe obrigando o goleiro Weverton fazer uma defesa complicada,colocando a bola para escanteio.
Cleberson aos 44 minutos finais da etapa inicial quase abre o marcador  para o furacão paranaense em uma cobrança de falta feita por Paulo Baier.

SEGUNDO TEMPO

O Verdão já iniciou o segundo tempo partindo pra cima,já na saída de bola Viçosa lançou Felipe Amorim entrea zaga do Atlético-PR. Mas o assistente anulou o lance marcando posição irregular do atacante esmeraldino.

Egídio com apenas 2 minutos da etapa inicial fez um ótimo lançamento para David que não conseguiu dominar a bola entre dois marcadores e chutou muito fraco em direção ao gol atleticano.

Um dos perigos de gol do segunto tempo foi da equipe verde que em uma lance de Junior Viçosa,que aos 17 minutos da etapa final recebeu a bola na corrida e entre dois marcadores,quiz enfeitar demais a jogada,limpando para um lado e para outro até perder o controle da bola e não conseguir chutar.A defesa rubro negra afastou para escanteio, e na cobrança Egídio quase faz um gol olimpico.

Já aos 24 minutos finais da partida Viçosa tentou de longe em um forte chute que explodiu no peito do arqueiro adversário.
Paulo Baier em uma cobrança de falta espetacular quase abriu o placar da partida,batendo colocado no canto esuqerdo de Edson que fez uma excelente defesa  espalmando a bola e colocando para escanteio.

Final de partida Atlético-PR 0 X 0 Goiás.

Com esse resultado o Goiás caiu da 7º posição para 11º com 8 pontos

O Goías volta a campo no próximo sábado (23/06),jogando em casa contra o Vitória – BA

No Estádio Serra Dourada,partida válida pela 7º rodada da competição.

Ficha técnica

Atlético-PR 0 X 0 Goiás

Local: Estádio Fernando Charub Farah, em Paranaguá (PR)

Data: 16 de junho de 2012, sábado

Árbitro: Wagner do Nascimento Magalhães

Assistentes: Wagner de Almeida Santos e Jackson L. Massarra dos Santos

Cartões amarelos: Cleberson, Pablo e Fernandão (Atlético-PR); Vitor, Amaral e Thiago Mendes (Goiás)

Atlético-PR: Weverton; Gabriel Marques, Manoel, Cleberson e Héracles; Deivid, Renan Teixeira, Harrison (Pablo) e Paulo Baier; Edigar Junio (Ricardinho) e Fernandão (Bruno Furlan). Técnico: Ricardo Drubscky

Goiás: Edson; Vítor, Valmir Lucas, Ernando e Egídio; Amaral, Thiago Mendes, David (Ramon), Ricardo Goulart (Rychely); Felipe Amorim (Eduardo Sasha) e Junior Viçosa. Técnico: Enderson Moreira

Tigre sofre goleada e está fora da Copa do Brasil

sexta-feira, abril 13th, 2012

Via: :::Lucas Heckler:::
Leia a íntegra


Copa do Brasil: o Criciúma e seu histórico fora

quinta-feira, abril 12th, 2012

Por Blog do Lucas Heckler

O Criciúma terá na quinta-feira, dia 12, uma verdadeira decisão. O resultado da partida poderá significar que o Criciúma tenha, ou fique sem jogos até o início do Brasileiro da Série B. Mas, o confronto contra o Atlético Paranaense será em Curitiba, e o Tricolor não tem tradição nos jogos fora de casa.

Desde 1990, quando disputou a competição nacional pela primeira vez, o Criciúma atuou 31 vezes fora do estádio Herberto Hülse, vencendo apenas nove jogos, empatando cinco e perdendo 17 duelos.

Outro fato que complica, é que o tricolor precisa vencer por dois ou mais gols de diferença, ou vencer com um gol de vantagem desde que marque mais de dois gols.

Das nove vitórias, apenas três foram por mais de dois gols de diferença. Os resultados aconteceram em 1992, diante do Juventude, do Mato Grosso (5×0), em 2008, diante do Icasa, do Ceará (6×1), e em 2012, contra o Madureira, do Rio de Janeiro (2×0).

Jogos do Criciúma fora de casa na Copa do Brasil 

1990 
0×1 Internacional (RS)
1×0 Coritiba (PR)
0×1 São Paulo (SP)
0×1 Goiás (GO)
1991 
1×1 Ubiratan (MS)
1×0 Atlético (MG)
0×0 Goiás (GO)
1×0 Remo (PA)
1×1 Grêmio (RS)
1992 
5×0 Juventude (MT)
2×3 Atlético (MG)
1×2 Fluminense (RJ)
1994 
1×2 Grêmio (RS)
1996 
1×2 Goiás (GO)
1×2 Fluminense (RJ)
0×2 Grêmio (RS)
1999 
1×0 Comercial (MS)
0×2 Botafogo (RJ)
2002 
2×1 Gama (DF)
0×1 Portuguesa (SP)
2003
3×2 Alegrense (ES)
1×2 Palmeiras (SP)
2006 
2×2 Novo Hamburgo (RS)
1×4 São Caetano (SP)
0×1 Vasco da Gama (RJ)
2008 
2×2 Baraúnas (RN)
6×1 Icasa (CE)
0×1 Vasco da Gama (RJ)
2009
0×2 Tupi (MG)
2×3 Náutico (PE)
2012 
2×0 Madureira (RJ)

Paulo Baier não enfrentará o Criciúma na quinta-feira

terça-feira, abril 3rd, 2012

Via: :::Lucas Heckler:::
Leia a íntegra


eXTReMe Tracker