WordPress database error: [Duplicate column name 'field_order']
ALTER TABLE `sb_cf7dbplugin_submits` ADD COLUMN `field_order` INTEGER

WordPress database error: [Duplicate column name 'file']
ALTER TABLE `sb_cf7dbplugin_submits` ADD COLUMN `file` LONGBLOB

WordPress database error: [Duplicate key name 'submit_time_idx']
ALTER TABLE `sb_cf7dbplugin_submits` ADD INDEX `submit_time_idx` ( `submit_time` )

WordPress database error: [Duplicate key name 'form_name_idx']
ALTER TABLE `sb_cf7dbplugin_submits` ADD INDEX `form_name_idx` ( `form_name` )

Avaí

Posts Tagged ‘Avaí’

Série B 2013: Avaí bate Sport e chega ao G-4

quarta-feira, outubro 9th, 2013

Por Kk De Paula, do DNAzul.

Um jogo digno da nossa história;

Um jogo com a nossa raça;

Com a nossa força;

Com a voz da nossa torcida e a determinação de todos, em campo, vestiram a nossa camisa.

Que jogo!

Que torcida!

A presença dos apaixonados, o som de tantos corações batendo no mesmo ritmo, embalou esse grande jogo e fez o chute do Márcio balançar a rede.

Avaí tira Paraná do G-4 (Foto Jamira Furlani/Avaí Oficial)

O nosso rival valorizou muito a nossa vitória.

E os nossos jogadores valorizaram o que sempre teve valor: o Avaí Futebol Clube.

Chegamos no G4.

Agora pra permanecer nele precisamos ser o que somos:

Os Leões que nasceram campeões.

Grande Avaí!

Veja os resultados da 22ª rodada da Série B

domingo, setembro 15th, 2013

Por Diego Ivan, do Papo Alvinegro.

Veja como está a classificação da Série B 2013 aqui

22ª RODADA

Sexta-Feira 13/09/2013

19:30h – ASA 0 x 1 Joinville

19:30h – Paraná 1 x 2 Oeste

19:30h – Atlético-GO 3 x 1 Boa Esporte

19:30h – Chapecoense 6 x 2 São Caetano

Sábado 14/09/2013

16:20h – América-MG 1 x 1 Palmeiras

16:20h – Avaí 3 x 1 Icasa

16:20h – Ceará 4 x 0 ABC

16:20h – Sport 1 x 0 Figueirense

21:00h – América-RN 3 x 0 Paysandu

21:00h – Guaratinguetá 1 x 0 Bragantino

23ª RODADA

Terça-feira 17/09/2013

19:30h – Chapecoense x Figueirense

19:30h – Ceará x Oeste

19:30h – Atlético-GO  x São Caetano

19:30h – Sport x Guaratinguetá

19:30h – América-MG  x Icasa

21:50h – ASA x Boa Esporte Clube

21:50h – Avaí x Palmeiras

21:50h – América-RN x Joinville

21:50h – Paraná Clube x Paysandu

21:50h – Bragantino x ABC

Chapecoense vence Avaí e volta à liderança

domingo, julho 28th, 2013

Por Anderson Soccol, do Espaço do Verdão.

No confronto entre times de Santa Catarina, time verde aplica 3 a 1 sem ter muito trabalho e aproveita escorregada do Palmeiras para voltar à ponta

Na mesma pegada desde a arrancada no início da Série B, a Chapecoense derrubou mais um rival que cruzou seu caminho. Na tarde deste sábado, o time verde derrubou um conterrâneo para retomar a primeira colocação – mesmo com um jogo a menos e beneficiado pelo empate do Palmeiras. No jogo entre catarinenses, bateu o Avaí por 3 a 1, para a felicidade da maioria dos 4.345 presentes na Arena Condá, pela décima rodada da competição. O time azurra segue o martírio e não sai da zona de rebaixamento da competição.

Torcida vibra com vitória e volta à liderança (Reprodução)

A ‘Chapequente’ esquentou depois dos 20 minutos iniciais em que o jogo se concentrou no meio de campo. Dona do mando, viraria também dona da partida com o avanço que colocou o Avaí atrás. Assim abriu o placar, com Dão. Como se contenta em jogar no contragolpe, fez uso dele para marcar o segundo, com Athos. O Avaí da primeira etapa era o Leão de até agora na Série B: não se encontrava. Nos 45 minutos finais, mesmo com as alterações azurras e até gol de desconto, o jogo estava resolvido. A Chape manteve a partida sob seu controle. Tanto que o goleador da Série B Bruno Rangel assinou seu 11º gol na competição.

Guaratinguetá permitiu à Chapecoense, com um jogo a menos, retomar a liderança. A equipe de Gilmar Dal Pozzo pode tentar ampliar a distância para os paulistas na próxima terça, quando encara o Ceará, no Castelão, às 19h30m. Na mesma data e horário, o Avaí tentará ter mais que os nove pontos que o faz estar na zona de rebaixamento. De volta à Ressacada, os azurras encaram o Atlético-GO.

Fatal e letal

Com ares de clássico estadual, havia enorme expectativa para que a bola rolasse. Afinal, há 45 dias a Chapecoense havia feito a última partida diante de seu torcedor. Mesmo período em que ficou fora o meia avaiano Marquinhos. Mas foi Braulio da Silva Machado apitar o início para que o confronto ficasse amarrado no meio de campo e recheado de faltas. De volta ao esquadrão azurra, Marquinhos arriscou colocar o esperado fogo na partida. Bateu escanteio fechado, aos 20, e o goleiro Nivaldo foi bem. Botou a mão na bola porque ia entrar. Não foi gol, mas parece ter sido diante do recuo dos visitantes. Os donos da casa começaram a empurrar o Avaí para seu campo de defesa.

Aos 26, a atitude azurra não foi tão ruim porque o zagueiro Leandro Silva estava em cima da linha para botar a cabeça na bola e evitar que o arremate de Paulinho Dias fosse transformado em abertura de placar. Dois minutos depois o recuo azurra seria punido com uma testada fatal. Enquanto a cobrança de escanteio Paulinho Dias ia ao miolo da área, o zagueiro Dão voava na direção da bola. O encontro ocorreu no sexto andar, tão alto o salto. Da bola com as redes aconteceu depois de quicar no chão e passar por Diego: 1 a 0 Chape. A pressão funcionou e os donos da casa estavam na frente.

A Chapecoense queria mais. Como Athos quis que o tiro cruzado, aos 33, não tivesse a palma da mão direita de Diego pelo caminho ou a zaga para mandar pra longe o rebote. Márcio Diogo e Tauã faziam figuração no ataque do Avaí. Quem produzia algo mais substancial aos azuis era Marquinhos com a sua bola parada. Como a batida de falta no canto que fez Nivaldo mandar para escanteio, aos 42. A melhor tentativa também seria um duro golpe nos azurras no minuto seguinte. É que a afastada da defesa foi transformada em contragolpe letal. Anderson Pico recebeu no campo de ataque e tocou para Athos do outro lado. Se era preciso habilidade para colocar dentro do gol, o meia mostrou que a tem. Com a parte de dentro do pé direito, botou a bola no chão. Com a de fora chutou e fez a pelota ir no cantinho de Diego, que ficou parado onde estava, vendo a bola entrar: 2 a 0.

Rangel não passa em branco e marca o terceiro
da Chape (Foto: Sirli Freitas/Agência RBS)

Assinatura do goleador

Na expectativa de ver o Avaí produzindo melhor, o técnico Hemerson Maria fez duas alterações no recomeço da partida. Entraram o meia Luciano e o atacante Reis nas vagas do volante Alê e do inoperante Tauã, respectivamente. De imediato, o treinador azurra viu da área técnica seu time trocando mais passes, mas finalizando pouco. Muito mais fruto da necessidade de reverter o placar e a condição na tabela do que das alterações. Tanto que o terceiro gol verde estava prestes a acontecer.

Poderia ter sido de Fabinho Alves, aos 18, quando deu uma meia lua em Leandro Silva e soltou o chute forte e cruzado que o goleiro Diego evitou que entrasse. Mas o terceiro da tarde teve a marca do goleador da Série B. Depois do escanteio gerado, Wanderson foi no fundo e mandou rasteirinho no segundo pau. Bruno Rangel estava onde precisava estar. Só cutucou para o gol escancarado. O treinador azurra tentou a última cartada: saiu Marquinhos e entrou Diego Jardel. Mas foi a substituição processada anteriormente que minimizou o estrago. Luciano recebeu no lado esquerdo do ataque e mandou o míssil cruzado que estourou no fundo da rede Nivaldo. O Avaí diminuiu, mas não seria suficiente.

O gol de desconto virou puxão de orelha. A Chapecoense retomou a marcação rente ao rival e o Avaí não conseguiu fazer mais do que um gol. Embora Luciano tenha passado perto já nos acréscimos. Ainda que entrasse, não minimizaria o estrago ou dava fim aos sete jogos sem vencer. A Chape retomou também a liderança com o 3 a 1 sem muitos apupos.

Veja os gols de terça-feira na Série B

quarta-feira, julho 17th, 2013

Ontem (16), a Série B teve dois jogos. Na Ilha do Retiro, o Sport derrotou o Avaí por 2 a 0, gols de Lucas Lima e Marcos Aurélio. Com o resultado, finalmente o Sport se posicionou, ainda que momentaneamente, no G-4, com 18 pontos. Já o Avaí segue na 15ª colocação com 9 pontos e pode entrar na zona do rebaixamento no decorrer da rodada.

Outro que ficou em situação complicada foi o Icasa. No estádio Romeirão, em Juazeiro do Norte, a equipe foi derrotada por 3 a 0 pelo Oeste-SP, dois gols de Adriano Alves e um de Bruno Nunes. Os cearenses têm dez pontos e estão em 11º lugar na tabela, já o Oeste-SP tem 12 pontos e fica por enquanto na 8ª posição.

Com a derrota, torcedores do Icasa apedrejaram a sede do clube, protestando contra a má campanha cearense.

Avaí: de um desastre para “meio” desastre

sábado, julho 13th, 2013

Por Kk De Paula, do DNAzul.

Um sábado quase perfeito.

No que diz respeito ao clima a luz e cores, a composição final todos os nativos conhecem.

A ilha estava uma pintura. Uma obra de arte em pinceladas divinas.

(Foto Paraná Clube)

Já o futebol avaiano foi um rascunho borrado no primeiro tempo e no segundo um rascunho sem borra, mas com pinceladas mais firmes, mais vontade dos pintores.

Além do esquema tático, montado por Maria, não poder ser bem executado pelas peças que ele colocou em campo (Thiesen não tem qualidade no passe para executar o que lhe foi determinado; Bovi não sabe defender nem atacar e o Avaí insistia em atacar com ele e o Paraná em nos atacar por esse mesmo lado;  Cleber estava perdido e Eduardo sobrecarregado enquanto a zaga batia cabeça), faltava raça e determinação ao time.

O Paraná nos colocou na roda no primeiro tempo.

0 x 2.

No segundo tempo Maria pincelou melhor o quadro desastroso que pintava na Ressacada.

A entrada de Alex deu mais qualidade a lateral direita; reposicionou Thiesen; Cleber aparece mais para o jogo; Tauã nos deu mais força ofensiva e foram criadas mais jogadas de ataque na vontade e qualidade do Marcio Diogo e claro, o time mostrou mais raça para buscar o resultado.

2 x 2.

Chegamos ao empate, mas não tivemos futebol pra conquistar a virada.

A entrada de Marrone, deslocando Alex para a outra lateral, com a saída do Aelson, nos deixou novamente sem força pelas laterais e Reis no segundo também continuou apanhando da bola.

Jogamos mal. Muito mal. Parece que os jogadores avaianos jogam para não vencer.

Parece, mas deve ser uma ilusão ótica minha.

Confira a classificação atualizada da Série B 2013.

Ricardinho fora do Avaí. Hemerson Maria vem aí?

quarta-feira, junho 12th, 2013

Por Kk De Paula, do DNAzul.

Sem conseguir fazer o time render nesse campeonato brasileiro, Ricardinho deixa o Avaí.

Diante de mais uma derrota e mais uma em casa, com um time sem esquema de jogo, com escalações e substituições equivocadas, o técnico avaiano teve vida curta.

Agora com a parada para a Copa das Confederações, cabe ao nosso Clube dar a mão a palmatória e ir buscar o nosso Maria.

Ricardinho de saída do Avaí após terceira derrota

Sim, simplesmente Maria!

O manezinho que foi desvalorizado, o soldado raso, o demitido depois de um título, mas um estudioso do futebol, um trabalhador sério, um cara que pode fazer esse time jogar futebol, que sabe fazer a leitura do jogo.

O jogo de hoje foi um espelho dos jogos anteriores nesse campeonato.

Muito pouco pra se dizer.

Erros na zaga, lateral direito que não rende,  gols perdidos, escalação errada e substituições super equivocadas.

Tirou o Marquinhos e deixou o Bovi?

Um bom jogo do Aelson.

Boa sorte ao Ricardinho e sabedoria aos dirigentes do Clube pra trazer o cara certo.

Outra coisa, o gerente de futebol do Avaí precisa começar a separar o joio do trigo dentro do elenco.

Palmeiras se reabilita e vence Avaí

terça-feira, junho 4th, 2013

Após a derrota para o América-MG na 3ª rodada da Série B, o Palmeiras conseguiu se recuperar ao bater o Avaí, em Itu, por 2 a 1. Os gols alviverdes foram marcados por Ronny e Leandro. Márcio Diogo anotou para os catarinenses.

Foi aos 3 minutos do primeiro tempo que saiu o primeiro gol do jogo. Leandro acertou uma bola de primeira, sem defesa para Diego, e colocou o Verdão na frente. Mas, aos 20, veio o empate avaiano com uma linda jogada individual de Márcio Diogo, que carregou a bola desde o meio de campo, tirou o zagueiro Henrique duas vezes da jogada e bateu forte.

A vitória paulista foi desenhada com um tento feito aos 29 minutos da segunda etapa, graças a uma mudança feita por Gilson Kleina, que promoveu a entrada de Ronny no lugar do volante Charles. Com somente dez segundos em campo, ele recebeu ótimo passe de Caio e, cara a cara com o goleiro, não perdeu.

Com os resultados dos jogos das 19h30, o Palmeiras ocupa a segunda colocação na Série B, atrás da Chapecoense, que derrotou o Figueirense no Orlando Scarpelli. Já o Avaí saiu do G-4 com a derrota.

Ficha técnica

Palmeiras 2 X 1 Avaí

Local: Estádio Novelli Júnior, em Itu (SP)

Data/Horário: 4/6/2013, às 19h30

Árbitro: Wagner do Nascimento Magalhaes (RJ)

Assistentes: Dibert Pedrosa Moises (RJ) e Eduardo de Souza Couto (RJ)

Renda: R$100,410,00

Público total: 5.792 pagantes

Cartões Amarelos: Charles, Ronny e Caio (PAL); Julinho, Cleber Santana e Leandro Silva (AVA)

Cartões Vermelhos:Não houve

Gols: Leandro, aos 3′/1ºT (1-0); Márcio Diogo, aos 20′/1ºT (1-1) e Ronny, aos 28′/2ºT (2-1)

Palmeiras – Bruno; Ayrton, Maurício Ramos, Henrique e Juninho; Márcio Araújo, Charles (Ronny – 28′/2ºT) e Tiago Real (Fernandinho – Intervalo); Vinicius (Serginho – 18′/2ºT), Leandro e Caio. Técnico: Gilson Kleina

Avaí – Diego; Bovi, Leandro Silva, Alef e Julinho; Alê, Eduardo Costa (Diego Jardel – 36′/2ºT), Cleber Santana e Marquinhos (Tauã – 33′/2ºT); Márcio Diogo (Reis – 22′/2ºT) e Beto. Técnico: Ricardinho

Equilibrar para desequilibrar

terça-feira, junho 4th, 2013

Via: DNAzul – Avaí FC
Leia a íntegra


Ricardinho e Avaí: equilibrar para desequilibrar

terça-feira, junho 4th, 2013

Por Kk De Paula, do DNAzul.

No jogo contra o Palmeiras e nos jogos seguintes precisamos estar mais equilibrados na nossa defesa.

Descobrir os jogadores certos para compor o time titular e não cometer os erros primários que estão nos fazendo sair atrás do placar ou mesmo tomar gol de empate no último segundo.

A série B é equilibrada.

Em 2008, conseguimos o acesso porque não perdemos um jogo na Ressacada, e fora dela conquistamos resultados positivos graças a um elenco extremamente comprometido com o acesso e a um esquema de jogo que possibilitava tirar o melhor de cada atleta.

Assim desequilibramos a nosso favor a equilibrada segundona.

Ricardinho precisa necessita encontrar o seu time e conseguir o comprometimento do elenco.

O equilíbrio do time em campo vai desequilibrar a nosso favor.

Hoje foi apresentado mais um zagueiro.

Juliano vindo do União Barbarense.

E já está na lista dos relacionados para o jogo de hoje.

Leandro Amaro emprestado pelo Palmeiras ainda não estreou.

Nas laterais, a relação não tem novidade.

Jefferson Maranhão (improvisação), Bovi e Julinho.

Cabe ao nosso técnico encontrar os volantes e os zagueiros certos para um time que tem uma meia cancha extremamente talentosa e criativa e com eles, estabelecer um esquema tático eficiente. 

Está mais do que na hora de aparecerem os 11 titulares do Ricardinho.

Jogo difícil, jogo que jogadores comprometidos gostam de jogar.

Festa catarinense no G-4 da Série B 2013

domingo, junho 2nd, 2013

Por Blog do Ademar.

O futebol catarinense está deitando e rolando após três rodadas completas da Série B do Campeonato Brasileiro. De maneira inacreditável, os quatro clubes que estão no G-4 são do estado de Santa Catarina. O líder isolado, único com 100% de aproveitamento, comandado pelo técnico Adilson Batista, é o Figueirense, com nove pontos após derrotar o Sport, em Florianópolis, por 3 a 2.

O Figueirense conta ainda com outra façanha para se manter na ponta da tabela. Trata-se do atacante Rafael Costa, o artilheiro isolado da Série B com cinco gols.

Na vice-liderança aparece a Chapecoense, vice-campeã catarinense, que superou o São Caetano, na cidade de São Caetano do Sul, por 1 a 0, e pulou para a segunda colocação com sete pontos.

Com os mesmos sete pontos, mas na terceira colocação pelos critérios técnicos, aparece o Avaí, que mesmo atuando na cidade de Juazeiro do Norte venceu o Icasa, de virada, por 4 a 3.

E finalizando o domínio catarinense, o Joinville, atuando ao lado da sua fanática torcida, bateu o ASA-AL por 2 a 0, assumiu a quarta colocação.

Confira os resultados e a classificação da Série B:

Sexta-feira – 31/5

Joinville 2 (Rafinha e Marcelo Costa) x ASA-AL

Icasa 3 (Neto e Juninho Potiguar 2) x Avaí 4 (Luiz Otávio, contra, Beto, Márcio Diogo e Cléber Santana)

Paysandu 1 (Yago Pikachu) x América-RN 1 (Cascata)

Oeste 1 (Piauí) x Paraná 0

Figueirense 3 (Maylson e Rafael Costa 2) x Sport 2 (Gabriel Santos e Ritchelly)

ABC-RN 1 (Rodrigo Silva) x Ceará 1 (Lulinha)

Sábado - 1/6

Palmeiras 0 x América-MG 1 (Nikão)

Bragantino 2 (Lincom e Raphael Andrade) x Guaratinguetá 0

Boa Esporte-MG 0 x 0 Atlético-GO

São Caetano 0 x Chapecoense 1 (André Paulino)

Classificação
1º Figueirense - 9 pontos
2º Chapecoense - 7 pontos
Avaí - 7
4º Joinville - 6 pontos
Palmeiras - 6
6º Oeste - 5 pontos
7º Ceará - 5
8º Paraná - 4 pontos
Icasa-CE - 4
Atlético-GO - 4
Boa Esporte-MG - 4
12º Sport - 3 pontos
América-MG - 3
Bragantino - 3
Guaratinguetá - 3
16º América-RN - 2 pontos
Paysandu - 2 pontos
São Caetano - 2
19º ABC-RN - 1 ponto
ASA-AL - 1

eXTReMe Tracker