WordPress database error: [Duplicate column name 'field_order']
ALTER TABLE `sb_cf7dbplugin_submits` ADD COLUMN `field_order` INTEGER

WordPress database error: [Duplicate column name 'file']
ALTER TABLE `sb_cf7dbplugin_submits` ADD COLUMN `file` LONGBLOB

WordPress database error: [Duplicate key name 'submit_time_idx']
ALTER TABLE `sb_cf7dbplugin_submits` ADD INDEX `submit_time_idx` ( `submit_time` )

WordPress database error: [Duplicate key name 'form_name_idx']
ALTER TABLE `sb_cf7dbplugin_submits` ADD INDEX `form_name_idx` ( `form_name` )

Ceará

Posts Tagged ‘Ceará’

Bill, ex-Santos e Corinthians, reforça o Ceará

sábado, dezembro 14th, 2013

Por Blog do Ademar (Futebol Caipira).

O atacante Bill acertou com o Ceará para a temporada de 2014. O jogador estava no Coritiba, onde teve poucas oportunidades na atual temporada, e vai se apresentar ao técnico Sérgio Soares no dia 2 de janeiro para dar início à pré-temporada.

“Estou muito feliz com esse acerto e espero corresponder em campo. Vou brigar por uma vaga de titular e ajudar o Ceará a realizar ótimas campanhas nas competições que disputará”, disse Bill, que já defendeu equipes como Corinthians, Shanghai Shenxin/China, Coritiba/PR, Santos/SP, Al Ittihad/Arábia Saudita.

Leia a íntegra


Confira os grupos da Copa do Nordeste 2014

quarta-feira, outubro 9th, 2013

Por Blog do Niltinho Ferreira. Fonte Bocão News.

Foi realizado, na noite desta terça-feira (8), o sorteio dos grupos da Copa do Nordeste que irá acontecer entre os dias 12 de janeiro a 23 de fevereiro.

Os clubes foram divididos em quatro potes de acordo com o Ranking Nacional de Clubes da CBF. No pote um ficaram o Vitória, Bahia, Sport e Ceará. No pote 2, Náutico, Santa Cruz, CRB e América-RN. No pote 3, Treze, Guarany, CSA e Confiança. E no pote 4, Vitória da Conquista, Botafogo-PB, Potiguar de Mossoró Sergipe.

O ex-jogador Bobô, ídolo do Bahia, no sorteio da Copa do Nordeste 2014

Com o sorteio realizado, haverá vários clássicos regionais e estaduais como Confiança e Sergipe, Sport e Náutico. O Vitória foi o primeiro a ser sorteado como cabeça-de-chave do grupo A, enquanto Bahia e Vitória da Conquista fazem o duelo do clássico baiano já na primeira, assim como Confiança e Sergipe se enfrentam no Grupo A, enquanto Sport e Náutico fazem o clássico pernambucano no grupo B.

Após o término da primeira fase que duas equipes se classificam de cada grupo, os clubes farão jogos eliminatórios de ida e volta até a grande decisão.

O campeão já terá vaga garantida para a Copa Sul-Americana do mesmo ano.

Confira aqui os grupos da Copa do Nordeste 2014:

GRUPO A: Vitória, América-RN, Confiança e Sergipe.

GRUPO B: Bahia, Santa Cruz, CSA e Vitória da Conquista.

GRUPO C: Ceará, CRB, Treze e Potiguar.

GRUPO D: Sport, Náutico, Guarany e Botafogo.

Veja os resultados da 22ª rodada da Série B

domingo, setembro 15th, 2013

Por Diego Ivan, do Papo Alvinegro.

Veja como está a classificação da Série B 2013 aqui

22ª RODADA

Sexta-Feira 13/09/2013

19:30h – ASA 0 x 1 Joinville

19:30h – Paraná 1 x 2 Oeste

19:30h – Atlético-GO 3 x 1 Boa Esporte

19:30h – Chapecoense 6 x 2 São Caetano

Sábado 14/09/2013

16:20h – América-MG 1 x 1 Palmeiras

16:20h – Avaí 3 x 1 Icasa

16:20h – Ceará 4 x 0 ABC

16:20h – Sport 1 x 0 Figueirense

21:00h – América-RN 3 x 0 Paysandu

21:00h – Guaratinguetá 1 x 0 Bragantino

23ª RODADA

Terça-feira 17/09/2013

19:30h – Chapecoense x Figueirense

19:30h – Ceará x Oeste

19:30h – Atlético-GO  x São Caetano

19:30h – Sport x Guaratinguetá

19:30h – América-MG  x Icasa

21:50h – ASA x Boa Esporte Clube

21:50h – Avaí x Palmeiras

21:50h – América-RN x Joinville

21:50h – Paraná Clube x Paysandu

21:50h – Bragantino x ABC

Guaratinguetá desafia Ceará em Fortaleza

terça-feira, agosto 20th, 2013

Via: Blog do Ademar (Futebol Caipira)
Leia a íntegra


Sérgio Guedes deixa Ceará e assume Azulão

domingo, agosto 18th, 2013

Por Blog do Ademar.

Após o encerramento da 16ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B, no sábado (17/8), neste domingo conhecemos a 16ª troca de treinador, ou seja, um por rodada. Mas ninguém foi demitido. A troca das cadeiras aconteceu dentro da própria competição, entre São Caetano e Ceará.

Sérgio Guedes vai para o Azulão

Após a demissão do técnico Marcelo Veiga, a diretoria do São Caetano acompanhou a derrota, dentro de casa, do Azulão por 1 a 0 para o Boa Esporte, e, consequentemente, a entrada do clube na zona do rebaixamento da Série B.

Para piorar, a pressão da pequena torcida do São Caetano foi forte. Afinal, o clube já havia sido rebaixado no último Campeonato Paulista.

E para tentar serenar os ânimos, a diretoria do São Caetano anunciou neste domingo a contratação do técnico Sérgio Guedes, que estava no Ceará, mas pediu demissão para retornar ao futebol paulista. Com o novo treinador chegam os auxiliares Everaldo Pierrote e Gustavo Bueno.

A apresentação de Sérgio Guedes no São Caetano acontecerá nesta segunda-feira (19). Já o Ceará vai atrás de um novo treinador. E, acreditem, um dos nomes cogitados é o de Marcelo Veiga.

DANÇA DOS TÉCNICOS NA SÉRIE B

1) BRAGANTINO – Mazola Júnior foi demitido e chegou Benazzi

2) PAYSANDU – Lecheva foi demitido e chegou Givanildo Oliveira

3) CEARÁ – Leandro Campos foi demitido. Sérgio Guedes foi contratado

4) ICASA – Francisco Diá pediu demissão. Sidney Moraes foi contratado

5) ABC – Paulo Porto foi demitido e chegou Waldemar Lemos

6) AVAÍ – Ricardinho foi demitido e chegou Hemerson Maria

7) ATLÉTICO-GO – Waldemar Lemos foi demitido e chegou Renê Simões

8) ASA – Ricardo Silva foi demitido e chegou Leandro Campos

9) OESTE – Roberto Cavalo deixou o clube. Edison Só foi contratado

10) AMÉRICA-RN – Roberto Fernandes foi demitido. Argel foi contratado

11) JOINVILLE – Arturzinho foi demitido.Ricardo Drubscky chegou

12) PAYSANDU – Givanildo foi demitido e chegou Arturzinho

13) VILA NOVA-GO – Renê Simões foi demitido e chegou PC Gusmão

14) ABC – Waldemar Lemor foi demitido e chegou Roberto Fernandes

15) SÃO CAETANO – Marcelo Veiga é demitido e chegou Sérgio Guedes

16) CEARÁ – Sérgio Guedes pediu demissão

Veja os gols dos jogos de sexta na Série B

sábado, agosto 10th, 2013

O Paysandu bateu o Joinville, em casa, por 2 a 1, resultado que tira a equipe paraense da zona de rebaixamento da Série B 2013.

Já o Atlético-GO, que estreou o técnico PC Gusmão, superou o Ceará fora de casa por 1 a 0, gol de Diego Giaretta.

O América-MG teve sua invencibilidade de dez jogos na Série B 2013 quebrada pelo ASA. O time de Arapiraca bateu os mineiros por 2 a 0 no Estádio Coaracy da Mata Fonseca.

Quem não perdeu a invencibilidade foi o Boa, que completou a sétima peleja sem derrota ao bater o Icasa por 1 a 0, em Varginha. Os mineiros estão mais próximos do G-4.

Chapecoense vence Avaí e volta à liderança

domingo, julho 28th, 2013

Por Anderson Soccol, do Espaço do Verdão.

No confronto entre times de Santa Catarina, time verde aplica 3 a 1 sem ter muito trabalho e aproveita escorregada do Palmeiras para voltar à ponta

Na mesma pegada desde a arrancada no início da Série B, a Chapecoense derrubou mais um rival que cruzou seu caminho. Na tarde deste sábado, o time verde derrubou um conterrâneo para retomar a primeira colocação – mesmo com um jogo a menos e beneficiado pelo empate do Palmeiras. No jogo entre catarinenses, bateu o Avaí por 3 a 1, para a felicidade da maioria dos 4.345 presentes na Arena Condá, pela décima rodada da competição. O time azurra segue o martírio e não sai da zona de rebaixamento da competição.

Torcida vibra com vitória e volta à liderança (Reprodução)

A ‘Chapequente’ esquentou depois dos 20 minutos iniciais em que o jogo se concentrou no meio de campo. Dona do mando, viraria também dona da partida com o avanço que colocou o Avaí atrás. Assim abriu o placar, com Dão. Como se contenta em jogar no contragolpe, fez uso dele para marcar o segundo, com Athos. O Avaí da primeira etapa era o Leão de até agora na Série B: não se encontrava. Nos 45 minutos finais, mesmo com as alterações azurras e até gol de desconto, o jogo estava resolvido. A Chape manteve a partida sob seu controle. Tanto que o goleador da Série B Bruno Rangel assinou seu 11º gol na competição.

Guaratinguetá permitiu à Chapecoense, com um jogo a menos, retomar a liderança. A equipe de Gilmar Dal Pozzo pode tentar ampliar a distância para os paulistas na próxima terça, quando encara o Ceará, no Castelão, às 19h30m. Na mesma data e horário, o Avaí tentará ter mais que os nove pontos que o faz estar na zona de rebaixamento. De volta à Ressacada, os azurras encaram o Atlético-GO.

Fatal e letal

Com ares de clássico estadual, havia enorme expectativa para que a bola rolasse. Afinal, há 45 dias a Chapecoense havia feito a última partida diante de seu torcedor. Mesmo período em que ficou fora o meia avaiano Marquinhos. Mas foi Braulio da Silva Machado apitar o início para que o confronto ficasse amarrado no meio de campo e recheado de faltas. De volta ao esquadrão azurra, Marquinhos arriscou colocar o esperado fogo na partida. Bateu escanteio fechado, aos 20, e o goleiro Nivaldo foi bem. Botou a mão na bola porque ia entrar. Não foi gol, mas parece ter sido diante do recuo dos visitantes. Os donos da casa começaram a empurrar o Avaí para seu campo de defesa.

Aos 26, a atitude azurra não foi tão ruim porque o zagueiro Leandro Silva estava em cima da linha para botar a cabeça na bola e evitar que o arremate de Paulinho Dias fosse transformado em abertura de placar. Dois minutos depois o recuo azurra seria punido com uma testada fatal. Enquanto a cobrança de escanteio Paulinho Dias ia ao miolo da área, o zagueiro Dão voava na direção da bola. O encontro ocorreu no sexto andar, tão alto o salto. Da bola com as redes aconteceu depois de quicar no chão e passar por Diego: 1 a 0 Chape. A pressão funcionou e os donos da casa estavam na frente.

A Chapecoense queria mais. Como Athos quis que o tiro cruzado, aos 33, não tivesse a palma da mão direita de Diego pelo caminho ou a zaga para mandar pra longe o rebote. Márcio Diogo e Tauã faziam figuração no ataque do Avaí. Quem produzia algo mais substancial aos azuis era Marquinhos com a sua bola parada. Como a batida de falta no canto que fez Nivaldo mandar para escanteio, aos 42. A melhor tentativa também seria um duro golpe nos azurras no minuto seguinte. É que a afastada da defesa foi transformada em contragolpe letal. Anderson Pico recebeu no campo de ataque e tocou para Athos do outro lado. Se era preciso habilidade para colocar dentro do gol, o meia mostrou que a tem. Com a parte de dentro do pé direito, botou a bola no chão. Com a de fora chutou e fez a pelota ir no cantinho de Diego, que ficou parado onde estava, vendo a bola entrar: 2 a 0.

Rangel não passa em branco e marca o terceiro
da Chape (Foto: Sirli Freitas/Agência RBS)

Assinatura do goleador

Na expectativa de ver o Avaí produzindo melhor, o técnico Hemerson Maria fez duas alterações no recomeço da partida. Entraram o meia Luciano e o atacante Reis nas vagas do volante Alê e do inoperante Tauã, respectivamente. De imediato, o treinador azurra viu da área técnica seu time trocando mais passes, mas finalizando pouco. Muito mais fruto da necessidade de reverter o placar e a condição na tabela do que das alterações. Tanto que o terceiro gol verde estava prestes a acontecer.

Poderia ter sido de Fabinho Alves, aos 18, quando deu uma meia lua em Leandro Silva e soltou o chute forte e cruzado que o goleiro Diego evitou que entrasse. Mas o terceiro da tarde teve a marca do goleador da Série B. Depois do escanteio gerado, Wanderson foi no fundo e mandou rasteirinho no segundo pau. Bruno Rangel estava onde precisava estar. Só cutucou para o gol escancarado. O treinador azurra tentou a última cartada: saiu Marquinhos e entrou Diego Jardel. Mas foi a substituição processada anteriormente que minimizou o estrago. Luciano recebeu no lado esquerdo do ataque e mandou o míssil cruzado que estourou no fundo da rede Nivaldo. O Avaí diminuiu, mas não seria suficiente.

O gol de desconto virou puxão de orelha. A Chapecoense retomou a marcação rente ao rival e o Avaí não conseguiu fazer mais do que um gol. Embora Luciano tenha passado perto já nos acréscimos. Ainda que entrasse, não minimizaria o estrago ou dava fim aos sete jogos sem vencer. A Chape retomou também a liderança com o 3 a 1 sem muitos apupos.

Sidney Moraes é o novo técnico do Icasa-CE

domingo, junho 9th, 2013

Por Blog do Ademar.

Neste sábado (8/6) a diretoria do Icasa, de Juazeiro do Norte-CE, acertou a contratação do técnico Sidney Moraes para a sequência do Campeonato Brasileiro da Série B. O novo comandante do clube cearense teve passagem pelo Boa Esporte-MG, onde sagrou-se campeão da Taça Minas Gerais no ano passado.

“Agradeço por essa oportunidade. Quero desenvolver um excelente papel aqui no clube e trazer muitas alegrias ao torcedor. Nosso maior objetivo é levar o time ao acesso à Série A”, disse o técnico.

Sidney vai acompanhar o jogo entre Icasa e Atlético-GO, em Goiânia, que acontece na próxima terça-feira (11) para conhecer melhor o elenco e estudar os jogadores.

O novo comandante do Icasa e  sua comissão técnica serão apresentados na reapresentação do elenco alviverde.

Na tabela da Série B o Icasa ocupa a 17ª colocação com apenas quatro pontos em cinco rodadas e está na preocupante zona do rebaixamento.

Confira a dança dos treinadores da Série B:

1) BRAGANTINO – Mazola Júnior foi demitido e chegou Benazzi

2) PAYSANDU – Lecheva foi demitido e chegou Givanildo Oliveira

3) CEARÁ – Leandro Campos foi demitido.

4) ICASA – Francisco Diá pediu demissão. Sidney Moraes foi contratado

5) ABC – Paulo Porto foi demitido

Depois de superar Paraná, Oeste desafia Ceará em casa

terça-feira, junho 4th, 2013

Via: Blog do Ademar (Futebol Caipira)
Leia a íntegra


ABC só empata com o Ceará no Frasqueirão

sábado, junho 1st, 2013

Por Diego Ivan, do Papo Alvinegro.

Na noite de ontem o ABC recebeu o Ceará pela 3ª rodada da Série B e empatou em 1 a 1. Gol de Rodrigo Silva para o ABC e Lulinha para o Ceará. O ABC permanece na zona de rebaixamento com apenas um pontinho.

Paulo Porto disse ”Acho que fizemos um bom jogo. Tanto é assim que criamos várias oportunidades. Estamos no caminho certo e acredito que a vitória virá normalmente. Temos que ter a paciência necessária para entender o nosso momento. No primeiro tempo cometemos um erro enorme quando tomamos um gol porque estávamos sem o nosso zagueiro. Gostei do Herivelto, pois ele não vinha jogando e mesmo assim não decepcionou. Esteve bem no primeiro tempo e caiu um pouco no segundo. Foi uma grata surpresa. A direção tem feito de tudo para nos dá mais opções. E, não podemos esquecer que não tivemos o Jean que é titular. Acredito que em breve estaremos com um grupo mais forte”.

Olha pessoal, começo a crer que o ABC terminará essa sequência de seis jogos pré-Copa das Confederações sem vencer nenhum jogo. No jogo de hoje até que o time fez um bom jogo, mas, e tem sempre um mas no ABC, não conseguiu reverter em gols o futebol agradável.

ABC empata com o Ceará em casa

O grande problema desta equipe ABCdista é a armação proposta pelo treinador Paulo Porto. Ele insiste em escalar a equipe com um esquema à Italiana, com um lateral esquerdo preso e o direito solto. Tudo bem, para a esquerda ele não tem opções. Paulo Porto escala Lino para marcar a decida dos laterais rivais e escalar o Matheus para fazer função ofensiva de um lateral. Eu até entendo que se faça esta opção forçada, o que não entendo é a insistência com Bileu como lateral direito. Renato está em forma, Tiaguinho também está pronto, então por que Bileu? As laterais ficam absolutamente comprometidas na medida em que nem Mateus, Lino ou Bileu, fazem uma linha de fundo decente. Vou comentar sobre isto no domingo.

Vinicius… Esse é sacanagem. Não vem bem desde o inicio do ano, inseguro e lento sempre, mas parece ser a menina dos olhos de todos que treinam o ABC. E com a não confirmada grave contusão de Flávio Boaventura, Vinicius continuará falhando, exatamente por que o elenco do ABC só terá ele, Leandro Cardoso, Lino e Mael como opções saudáveis. Um pesadelo.

Detalhe, apesar do Mais Querido ter ficado momentaneamente com dez em campo, Vinicius falhou mais uma vez no lance do gol do Ceará. No inicio do lance ele chega atrasado em um corte na entrada da área, na sequencia ele não consegue retornar a tempo a área para tentar o cortar o lance. Posicionamento zero.  Não posso ser injusto e deixar de dizer que ocorreu uma falha coletiva da meia cancha, que foi afoitamente ao ataque sem pensar na diferença numérica entre as equipes.

Alvinho e Erivelton são opções qualificadas para o restante da Série B. Os dois foram bem, mesmo sem ritmo de jogo. Sendo bem trabalhados, neste ano serão diversas vezes utilizados, e para a próxima temporada serão realidades. Anotem.

Agora obviedades:

Rodrigo Silva fez o que se esperava dele. Leandro Campos teve orgasmos com o empate, esse é um relógio de tão previsível. Giovane deixou o futebol em Caxias, alguém tem que pagar o frete e trazer a bolinha desse cara.

O ABC volta a campo na próxima terça-feira, as 21:50hs, no Frasqueirão quando recebe o Bragantino pela 4ª rodada.  Ficha Técnica

Local: Estádio Frasqueirão, Natal/RN

Árbitro: Arilson Bispo da Anunciação (BA).

Assistente 1: Adson Marcio Lopes Leal (BA).

Assistente 2: Dijalma Silva Ferreira Jr (BA).

4° Arbitro: Leandro Saraiva Dantas de Oliveira (RN).

ABC(1): Lopes; Bileu, Vinícius, Flávio Boaventura (Flávio Boaventura) e Lino; Leandro Santos, Rodrigo Santos (Renato), Mateus Cancian (Geovani) e Erivelton; Alvinho e Rodrigo Silva(1). Técnico: Paulo Porto.

Ceará(1): Fernando Henrique; Erick, Douglas, Anderson Marques e Rafael Cruz (Renan); Régis, João Marcos, Lulinha(1) (Macena) e Ricardinho; Mota (Foguinho) e Magno Alves. Técnico: Leandro Campos

eXTReMe Tracker