WordPress database error: [Table 'futepoca1.sb_cf7dbplugin_submits' doesn't exist]
ALTER TABLE `sb_cf7dbplugin_submits` MODIFY form_name VARCHAR(127) CHARACTER SET utf8

WordPress database error: [Table 'futepoca1.sb_cf7dbplugin_submits' doesn't exist]
ALTER TABLE `sb_cf7dbplugin_submits` MODIFY field_name VARCHAR(127) CHARACTER SET utf8

WordPress database error: [Table 'futepoca1.sb_cf7dbplugin_submits' doesn't exist]
ALTER TABLE `sb_cf7dbplugin_submits` MODIFY field_value longtext CHARACTER SET utf8

WordPress database error: [Table 'futepoca1.sb_cf7dbplugin_submits' doesn't exist]
ALTER TABLE `sb_cf7dbplugin_submits` ADD COLUMN `field_order` INTEGER

WordPress database error: [Table 'futepoca1.sb_cf7dbplugin_submits' doesn't exist]
ALTER TABLE `sb_cf7dbplugin_submits` ADD COLUMN `file` LONGBLOB

WordPress database error: [Table 'futepoca1.sb_cf7dbplugin_submits' doesn't exist]
ALTER TABLE `sb_cf7dbplugin_submits` ADD INDEX `submit_time_idx` ( `submit_time` )

WordPress database error: [Table 'futepoca1.sb_cf7dbplugin_submits' doesn't exist]
ALTER TABLE `sb_cf7dbplugin_submits` MODIFY COLUMN submit_time DECIMAL(16,4) NOT NULL

WordPress database error: [Table 'futepoca1.sb_cf7dbplugin_submits' doesn't exist]
ALTER TABLE `sb_cf7dbplugin_submits` ADD INDEX `form_name_idx` ( `form_name` )

WordPress database error: [Table 'futepoca1.sb_cf7dbplugin_submits' doesn't exist]
ALTER TABLE `sb_cf7dbplugin_submits` ADD INDEX `form_name_field_name_idx` ( `form_name`, `field_name` )

Grêmio Barueri

Posts Tagged ‘Grêmio Barueri’

Série C 2013 – TV Brasil transmite Mogi e Barueri

sábado, julho 20th, 2013

Por Portal EBC.

Um confronto entre paulistas marca a quinta rodada da Série C do Campeonato Brasileiro. Neste sábado (20),  Mogi Mirim e Grêmio Barueri se enfrentam no estádio Romildão, na cidade de Mogi Mirim. O jogo terá transmissão ao vivo da TV Brasil.

(Reprodução)

O Portal EBC também vai mostrar todos os lances do jogo. Para ficar ligado em tudo que acontece na partida, siga o perfil @ebcesporte no Twitter.

O Mogi Mirim realiza boa campanha na Série C, mas perdeu a última partida para o Caxias por 1 a 0 no último fim de semana. O time treinado por Ailton Silva está em quarto lugar no grupo B, com seis pontos.

Já o Barueri vem de um empate fora de casa contra o Guarani e está com cinco pontos na tabela. Uma vitória contra o Mogi Mirim pode colocar o time do técnico do Toninho Moura no grupo dos quatro primeiros colocados.

Jogo: Mogi Mirim x Grêmio Barueri

Local: Estádio Romildão, em Mogi Mirim

Horário: 19 horas

Arbitragem: Flávio Rodrigues Guerra (SP)

Assistentes: Celso Barbosa de Oliveira (SP) e Daniel Paulo Ziolli (SP)

CRB derrota Santa Cruz por 2 a 1 pela Série C

domingo, junho 9th, 2013

Por Portal EBC.

Na noite deste domingo (9), o CRB venceu o Santa Cruz por 2 a 1 em partida disputada no estádio Rei Pelé (AL) . O time visitante abriu o placar com Luciano Sorriso aos 15 minutos do primeiro tempo. Mas no segundo tempo, Denilson empatou para o CRB aos 26 minutos. E, aos 43 minutos, Zé Paulo virou o placar.

Com a vitória, o CRB chegou a três pontos na competição e está em sexto lugar no Grupo A (com equipes do Centro-oeste, Norte e Nordeste). O Santa Cruz também tem três pontos e está em quinto lugar.

Clique e confira a classificação completa da Série C

Resultados de domingo da Série C

Neste domingo, quatro partidas foram disputadas pela segunda rodada da Série C do Campeonato Brasileiro. Na parte da manhã, Duque de Caxias (RJ) e Vila Nova (GO) empataram por 1 a 1. O gol da equipe da casa foi marcado por André Gomes, em cobrança de pênalti. Na etapa final, logo no primeiro minuto, o time goiano empatou com Marco Aurélio.

Série C: Caxias é o único time 100% (Daniel Rufatto / Site do Caxias)

Ainda pela manhã deste domingo, o Grêmio Barueri (SP) conseguiu a primeira vitória na competição contra o Crac (GO) . A vitória de 1 a 0 foi conquistada com um gol de Renato, aos 45 minutos do segundo tempo.

Na noite deste domingo, mais dois jogos aconteceram. Em Campinas, o Guarani (SP) venceu o Mogi-Mirim (SP) por 1 a 0 com gol de Wellington Simião (de pênalti) aos 38 minutos da primeira etapa. Em Maceió, o CRB (AL) recebeu o Santa Cruz (PE) . O time visitante abriu o placar com Luciano Sorriso aos 15 minutos do primeiro tempo. Mas no segundo tempo, Denilson empatou para o CRB aos 26 minutos. E, aos 43 minutos, Zé Paulo virou o placar. No fim, 2 a 1.

Com os resultados da rodada, o Sampaio Corrêa (MA) (que empatou com o Treze (PB) no sábado) lidera o grupo A e o Caxias (único time 100%) lidera o Grupo B. Na quarta-feira, Macaé e Madureira fecham a rodada e, na quinta-feira, o Rio Branco (AC) estreia no campeonato contra o Fortaleza (CE).

Série C 2013 – veja resultados e classificação

domingo, junho 2nd, 2013

Por Portal EBC.

Neste domingo (2/6), quatro partidas agitaram a primeira rodada da Série C. Logo pela manhã, às 10 horas, o Vila Nova-GO fez sua estreia no campeonato com o pé direito. De virada, o Tigre venceu o Grêmio Barueri por 3 a 1, no Estádio do Serra Dourada.

Confira também:
- Tabela atualizada e classificação da Série C
- Relembre os gols da partida entre Mogi-Mirim 3 x Duque de Caxias 2
- Reveja os gols da partida entre Sampaio Corrêa e Brasiliense

Estádio Municipal Eugênio Araújo - Olindão (Jan Ribeiro / Prefeitura de Olinda - Creative Commons)

No final da tarde, o Santa Cruz bateu o Luverdense por 2 a 0 no Estádio do Arruda, em Recife. E em Belém, jogando em casa, no Estádio da Curuzu, a Águia de Marabá conseguiu segurar o jogo com apenas um gol contra o CRB.

Outra partida que trouxe uma reviravolta foi a realizada no estádio Castelão, em São Luis, e contou com a transmissão da TV Brasil. De virada, Sampaio Corrêa goleou o Brasiliense por 5 a 1. O time passa a liderar o Grupo A da Série C.

Sábado

A estreia da Série C teve início no sábado (1º) com quatro jogos que movimentaram os gramados: Madureira-RJ 0 x 0 Guarani-SP; Baraúnas-RN 1 x 4 Fortaleza-CE; Crac-GO 0 x 0 Betim-MG; e Mogi Mirim-SP 3 x 2 Duque de Caxias-RJ.

Para fechar a primeira rodada haverá, além das partidas deste domingo (2), mais uma disputa na terça-feira (4)  e uma na quarta-feira (5). Confira quais:

Terça-feira (04/06)

20h30
Caxias-RS x Macaé-RJ

Quarta-feira (05/06)

16 horas
Cuiabá-MT x Treze-PB

Leia mais:
Brasil empata com a Inglaterra em jogo teste do novo Maracanã
Fluminense vence o Criciúma por 3 a 0 em Macaé

Avaí vira e bate Grêmio Barueri por 2 a 1

sábado, agosto 18th, 2012

Por Kk De Paula, do DNAzul.

Sem muita qualidade, mas com muita raça, o nosso Avaí conquistou mais uma vitória.

Como é muito mais difícil vencer quando o nosso craque não joga bem.

Nas últimas duas vitórias o nosso time foi guerreiro e conquistou três pontos porque soube jogar com vontade. Vontade que tem se sobreposto a todas as dificuldades.

Ontem, nosso Coração de Leão, Emerson Nunes, foi merecidamente vitorioso porque ao colocar Pirão no lugar do desligado Julinho, venceu o jogo;
foi vencedor porque ele e Maria têm o respeito desse grupo;
foi vencedor porque os dois estão conseguindo, novamente, arrumar o estrago que a Presidência do Clube causou a esse grupo quando demitiu sem avisar a eles, campeões estaduais, o gerente de futebol Carlos Arini;
foi vencedor porque esse grupo tem caráter, força de vontade, garra e muita, muita vontade de vestir a nossa camisa;
foi vencedor porque a nossa torcida, a torcida presente, é realmente singular.
Singularmente Avaiana.

A vibração do Laércio na comemoração do seu gol demonstra tudo que escrevi acima:
Amor ao time, respeito ao escudo e a nossa camisa.
Urrou como um Leão.

Criciúma goleia Grêmio Barueri em São Paulo

sábado, julho 28th, 2012

Por Blog do Lucas Heckler.

Vitória fora de casa tem gosto especial. Principalmente quando é conquistado com goleada. Este foi o gostinho que os jogadores do Criciúma sentiram na noite desta sexta-feira, dia 27, pela Série B do Campeonato Brasileiro. O Tigre derrotou o Grêmio Barueri, em São Paulo, pelo placar de 4 a 1.

O primeiro gol saiu aos 25 minutos. Zé Carlos chutou para o gol, a bola bateu na zaga e sobrou para Lucca que não desperdiçou a oportunidade. No minuto seguinte, Thiago Elias empatou o jogo. Mas, a partir dos 34 minutos, somente o Criciúma assinalou. O gol que colocou o visitante novamente na frente ficou por conta do artilheiro Zé Carlos.

Os gols do segundo tempo aconteceram somente no final. Aos 39 minutos, Zé Carlos assinala seu 16º gol na atual edição da Série B, em 12 partidas jogadas, se isolando cada vez mais, na artilharia da competição. A goleada foi confirmada no último lance da partida. O lateral Marlon foi o autor.

O técnico Tricolor, Paulo Comelli, mandou a campo Douglas leite; Ezequiel, Matheus Ferraz, Nirley e Marlon; Rodrigo Possebon, Fransérgio, Kleber e Válber (Ozéia); Lucca (Gilmar) e Zé Carlos.

A vitória deixa o Criciúma, pelo menos até o encerramento da rodada, com quatro pontos de vantagem em relação ao segundo colocado e nove sobre o quinto, primeira equipe fora da zona de acesso à Série A.

O próximo desafio na segundona está marcado para terça-feira, dia 31. A partir das 19h30min, o Criciúma terá pela frente, no Estádio Heriberto Hülse, em Criciúma, o Guarani de Campinas.

Joinville goleia Barueri por 4 a 0 na Série B

sábado, julho 7th, 2012

Por JECMania.

A dúvida mais comum ontem, ao final do jogo, entre meus camaradas, era: nós é que jogamos muito bem, ou o time do Barueri é que era muito ruim?

-Pra falar a verdade, eu não tenho certeza sobre a resposta. É fato que após o nosso segundo gol eles passaram a andar em campo, afrouxaram a marcação e facilitaram a goleada. Some-se a isso o nosso primeiro gol, marcado aos 45 segundos de jogo em cobrança de escanteio, o que tornou tudo muito mais fácil.

No primeiro tempo, além do gol relâmpago, tivemos mais duas chances, uma com um chutaço de Tiago Real no travessão, e outra em passe de Lima para Alex, que desperdiçou.

Na segunda etapa, mais uma vez no início – aos dois minutos – Leandro Carvalho marcou o gol que matou o Barueri. Houve ainda tempo para mais dois gols, novamente de Alex e Leandro, um gol anulado, e mais uma infinidade de chances desperdiçadas.

É de se notar que todos nossos quatro gols saíram em bolas alçadas para a área do Barueri, dois após escanteios, o que demonstra a fragilidade da zaga do time paulista. E ofensivamente, a meu sentir, em todo o jogo, eles só criaram duas jogadas que se pode dizer de algum perigo.

Repito: fizemos quatro gols de bola aérea – isso diz mais sobre o problemas da zaga deles do que sobre a qualidade do nosso ataque, penso eu.

Assim, um bom jogo do JEC e um jogo ruim do desanimado time do Barueri parecem se complementar na análise da partida. O problema é todos deles; se vieram mal, goleamos.

Mas há de reconhecer algumas coisas, fazer certas observações, e pequenos reparos à esta bela vitória que nos levou, ao menos momentaneamente, ao quinto lugar, empatados com nosso próximo adversário – o São Caetano.

Reconhecimento: com o gol antes de um minuto de jogo, todos (sim, todos) os jogadores correram para o banco. Considero que com tal atitude tivemos uma demonstração inequívoca do apoio do grupo a Leandro Campos. Não adianta a corneta, portanto, ao menos por enquanto; se os jogadores são por ele, não adianta ser do contra. E dedicar gol pro amado técnico não tem problema – o que não dá é pra dedicar desarme e chutão pro lado, como eu disse no último post.

Mas que LC também reconheça que dá pra ir a frente, que dá pra atacar um pouquinho, mesmo fora de casa; que só retranca enche o saco da torcida, desanima, que o saldo de gols é coisa muito importante (portanto fazer gols, também).

Já pensaram a tabela com uma vitória em São Caetano para então pegar o Ipatinga em casa? Mas sem ir ao ataque, ficará difícil.

Observações: Diego Jussani estreou bastante bem, com o tempo por sua qualidade e juventude (o bom PP está com 34) deve assumir a camisa de titular; Tarcísio (que eu ainda não havia visto ao vivo na lateral) fez ótima partida, incisivo, driblador, tendo jogado muito melhor do que Romano vinha jogando, por exemplo, e dando opção ofensiva pelo lado esquerdo que não vínhamos tendo. Já ganhou a posição. No mais, fizemos uma partida uniforme, ninguém destoou.

Reparos: ainda há certas brincadeiras desnecessárias de Ivan e de nossa zaga quando temos a bola dominada. Tarcísio, apesar da ótima partida, aprenderá que os lances de drible, passes arriscados podem ser reservados para o campo ofensivo, evitando riscos quando perto do próprio gol.

Estamos na quinta posição, na rodada ainda podemos ser ultrapassados por Goiás e Paraná ou BOA, mas o saldo do jogo dessa sexta foi credor. Vimos que o ataque compensa, subimos na tabela, aumentamos a confiança em nosso jogo, e parece que ganhamos mais dois jogadores confiáveis. Não podia ser melhor. LC terá uma trégua neste blog – pelo menos por uma semana. AVANTE, JEC!

Crônica da partida: Barueri 2 X 2 Guarani

domingo, junho 10th, 2012
A Crônica da partida – Barueri 2 a 2 Guarani

De um jogo parado e sonolento para um embate repleto de alternativas e reviravoltas. O torcedor que acompanhou Barueri x Guarani saiu do desânimo ao êxtase em poucos minutos. E, no fim, o maior sentimento de vitória ficou com o bugrino. Depois de um primeiro tempo amplamente dominado pelos donos da casa, que abriram 2 a 0 até com certa facilidade, o Bugre foi para cima na etapa final e arrancou um empate por 2 a 2, neste sábado à tarde, na Arena Barueri, pela quinta rodada da Série B do Campeonato Brasileiro.

Cada equipe dominou 45 minutos da partida. Marcelinho Paraíba, em belo chute cruzado, e Ronaldo Angelim, tal qual um autêntico centroavante, deixaram o time da Grande São Paulo em vantagem. O cansaço dos veteranos, porém, permitiu ao Guarani a recuperação em campo. Bruno Recife e Ronaldo foram os heróis do empate, que por pouco não se transformou em vitória no fim.
Domingos, zagueiro do Guarani (Foto: Rodrigo Villalba / Memory Press)Dúvida antes da partida, Domingos atuou durante os 90 minutos (Foto: Rodrigo Villalba / Memory Press)

Com o resultado, o Barueri segue sem vencer na competição, agora com dois pontos em cinco rodadas – os paulistas seguem na zona de rebaixamento. Já o Guarani chega a seis e mantém-se longe do G4. Além disso, perde a chance de completar a primeira minimeta – Vadão traçou a conquista de dez pontos a cada seis jogos, o que é inviável ao menos nesta primeira parte de campeonato.

As duas equipes voltam a campo para manter ou mudar o atual momento já nesta terça-feira. Novamente em casa, o Barueri recebe o Paraná Clube, adversário direto na luta para deixar a degola. Já o Guarani encara mais uma viagem e nova pedreira: o quarto colocado Vitória, em Salvador.

Barueri domina jogo e sai em vantagem

Com Kleiton Domingues pela primeira vez como titular, o Guarani iniciou a partida de forma organizada. Os laterais apoiavam o ataque e ajudavam os meias na criação, mas a bola nem sempre chegava tão bem aos atacantes. Do outro lado, o Barueri mais cadenciava do que acelerava a partida, sempre no ritmo de Marcelinho Paraíba. Com os diferentes estilos, as chances foram criadas aos poucos.

A primeira, do Barueri. Marcelinho Paraíba tentou desviar chute cruzado de Marcos Pimentel, mas pegou errado na bola. O Guarani respondeu com Chiquinho, que avançou pelo meio e arriscou a finalização, que levou perigo, por cima do travessão. Na sequência, Danilo Sacramento ficou perto de abrir o placar. Em chute de longe, o camisa 8 bugrino acertou o canto esquerdo, para boa defesa de Fernando Leal.

Se o equilíbrio pairou na Arena Barueri durante os primeiros 20 minutos, os donos da casa mandaram no jogo a partir daí. Na principal chance do duelo até então, Tadeu foi lançado dentro da área e, sem ângulo, rolou para Marcelinho Paraíba. Ao invés de chutar de primeira, o meia dominou a bola, perdeu a passada e bateu em cima de Emerson.

O experiente goleiro salvou o Guarani neste lance, mas não impediu que o Barueri fosse para o intervalo com boa vantagem no placar. Aos 26 minutos, Marcos Pimentel repetiu a jogada que não deu certo aos sete e cruzou para a área. Agora bem posicionado, Marcelinho Paraíba emendou o chute de primeira e fuzilou Emerson, abrindo o placar.

Nem deu tempo de o Guarani tentar a reação. Quatro minutos depois, Marcelinho avançou pelo meio e rolou para Tadeu. O centroavante deixou a bola passar e Ronaldo Angelim, como um autêntico centroavante, tocou na saída do goleiro. O Bugre até foi para o ataque e teve a chance de marcar o seu gol. Ronaldo aproveitou sobra na linha da pequena área e bateu fraco, para boa defesa de Fernando Leal.

Cansaço pesa no Barueri, e Bugre reage bravamente

O Guarani voltou totalmente diferente para o segundo tempo. Com os mesmos jogadores, mas uma postura absolutamente diferente da apatia demonstrada na primeira etapa, o Bugre retornou ao campo atento ao jogo e marcando a saída de bola do Barueri. O resultado: diversas oportunidades criadas.

Clebinho foi o primeiro a arriscar. Ele puxou para a perna direita e bateu com curva, mas errou o alvo. Minutos depois, Kleiton Domingues deixou o marcador para trás, levantou a cabeça e bateu forte no canto direito. A bola beijou o pé da trave direita e saiu para escanteio.

A esperança verde veio aos 22 minutos. Clebinho driblou dois e deixou a bola limpa para Danilo Sacramento, que cruzou de primeira. No papel de centroavante, Bruno Recife desviou o suficiente para tirar a bola do alcance de Fernando Leal e diminuir para o Bugre.

A primeira bola na rede do Barueri mudou completamente a partida. O time da casa sequer passava do meio-campo, enquanto o Guarani cresceu ainda mais. Tanto que arrancou o empate quase que à força, aos 25 minutos. Após cobrança de falta de Danilo, o árbitro Leandro Bizzio viu pênalti em uma confusão entre os jogadores. Ronaldo partiu para a cobrança e bateu forte no meio do gol, empatando o confronto.

A pressão cresceu, mas, conforme ia ao ataque, o time de Campinas também deixava espaço. Em um deles, Marcelinho Paraíba avançou pela esquerda e bateu cruzado – a bola saiu à esquerda de Emerson, com bastante perigo. No fim, os times desperdiçaram vários passes e perderam a chance de marcar mais gols na Arena. O empate, pelo domínio de cada time em cada tempo, acabou sendo o mais justo.

FICHA TÉCNICA

GRÊMIO-SP 2 x 2 GUARANI

Local: Arena Barueri, em Barueri (SP)

Data: 9 de junho de 2012, sábado

Horário: 16h20 (de Brasília)

Árbitro: Leandro Bizzio Marinho

Assistentes: Danilo Ricardo Simon Manis e Rogério Pablos Zanardo

Cartões amarelos: Marcos Pimentel, Marcelinho Paraíba, Ronaldo Angelim e Marcos Winícius (Barueri); Chiquinho, Medina e Bruno Recife (Guarani)

GOLS: Barueri – Marcelinho Paraíba, aos 26 minutos do primeiro tempo e Ronaldo Angelim, aos 30; Guarani – Bruno Recife, aos 22 do segundo tempo e Ronaldo, aos 25.

GRÊMIO-SP: Fernando Leal; Marcos Pimentel, Anderson Salles, Ronaldo Angelim e Leonardo (Rafael Chorão); Fernando (Willian Henrique), Alan Mota, Marcus Winícius e Marcelinho Paraíba; Marcelinho e Tadeu (Magrão)

Técnico: Mauro Fernandes

GUARANI: Emerson; Chiquinho (Medina), Domingos, André Leone e Bruno Recife; Jackson, Fábio Bahia, Kleiton Domingues (Thiaguinho) e Danilo Sacramento; Clebinho (Rafinha) e Ronaldo

Técnico: Vadão

Globo Esporte

Coletiva Bruno Recife – Barueri 2 x 2 Guarani

domingo, junho 10th, 2012

Via:
Leia a íntegra


Coletiva Vadão – Barueri 2 x 2 Guarani

domingo, junho 10th, 2012

Via:
Leia a íntegra


Fotos: Barueri 2 x 2 Guarani

domingo, junho 10th, 2012

Via:
Leia a íntegra


eXTReMe Tracker