WordPress database error: [Table 'futepoca1.sb_cf7dbplugin_submits' doesn't exist]
ALTER TABLE `sb_cf7dbplugin_submits` MODIFY form_name VARCHAR(127) CHARACTER SET utf8

WordPress database error: [Table 'futepoca1.sb_cf7dbplugin_submits' doesn't exist]
ALTER TABLE `sb_cf7dbplugin_submits` MODIFY field_name VARCHAR(127) CHARACTER SET utf8

WordPress database error: [Table 'futepoca1.sb_cf7dbplugin_submits' doesn't exist]
ALTER TABLE `sb_cf7dbplugin_submits` MODIFY field_value longtext CHARACTER SET utf8

WordPress database error: [Table 'futepoca1.sb_cf7dbplugin_submits' doesn't exist]
ALTER TABLE `sb_cf7dbplugin_submits` ADD COLUMN `field_order` INTEGER

WordPress database error: [Table 'futepoca1.sb_cf7dbplugin_submits' doesn't exist]
ALTER TABLE `sb_cf7dbplugin_submits` ADD COLUMN `file` LONGBLOB

WordPress database error: [Table 'futepoca1.sb_cf7dbplugin_submits' doesn't exist]
ALTER TABLE `sb_cf7dbplugin_submits` ADD INDEX `submit_time_idx` ( `submit_time` )

WordPress database error: [Table 'futepoca1.sb_cf7dbplugin_submits' doesn't exist]
ALTER TABLE `sb_cf7dbplugin_submits` MODIFY COLUMN submit_time DECIMAL(16,4) NOT NULL

WordPress database error: [Table 'futepoca1.sb_cf7dbplugin_submits' doesn't exist]
ALTER TABLE `sb_cf7dbplugin_submits` ADD INDEX `form_name_idx` ( `form_name` )

WordPress database error: [Table 'futepoca1.sb_cf7dbplugin_submits' doesn't exist]
ALTER TABLE `sb_cf7dbplugin_submits` ADD INDEX `form_name_field_name_idx` ( `form_name`, `field_name` )

Nenén (Chapecoense)

Posts Tagged ‘Nenén (Chapecoense)’

Chape: Athos e Tiago Luís citam foco como essência

domingo, setembro 15th, 2013

Por Espaço do Verdão.

Seis gols, quatro jogadores diferentes balançando as redes, dois na entrevista coletiva após o vitória. A goleada por 6 a 2 sobre o São Caetano, a maior desta Série B, fez a Chapecoense mudar a rotina. Depois dos jogos em casa, geralmente concedem entrevista à imprensa o técnico e um jogador. Mas pelas circunstâncias do triunfo diante dos 7.583 torcedores no Índio Condá, o cenário mudou. Autores de gols na vitória sobre o Azulão, Athos e Tiago Luís foram os escolhidos para comentar da partida que levou o Verdão a 46 pontos.

Titular ao lado de Nenén no meio-campo verde, Athos foi às redes duas vezes. Ele marcou o terceiro, aos 17 minutos do primeiro tempo, poucos segundos após o São Caetano diminuir, e também fez o quinto, aos 35 da etapa final, em bom chute de fora. O ímpeto não só de Athos, como revelou o jogador, mas de todo o elenco, foi muito em função da conversa que os atletas tiveram na concentração e no gramado, instantes antes de a bola rolar no estádio Índio Condá.

– O grupo é uma família, que se reuniu hoje (sexta-feira) para conversar, abordar alguns pontos e botar o nosso foco, que é o acesso, a possibilidade é muito grande. O acesso pode mudar a vida de cada jogador, cada atleta aqui, principalmente para nós que estamos desde a Série C, para nós seria importantíssimo em dois anos seguidos conquistar dois acessos. E o pessoal que chegou também vai ser importantíssimo, chegar tendo um acesso, entrando na história do clube. Colocamos isso entre nós, para continuarmos focados, às vezes a equipe joga mal e perde, precisávamos ter uma conversa para ficarmos focados. Não só no hotel, falamos dentro de campo e botamos para fora, não adianta falar fora e não fazer em campo – comentou Athos, que recebeu do capitão e zagueiro Rafael Lima a garantia de segurança no setor defensivo.

Athos Chapecoense x São Caetano (Foto: Aguante Comunicação/Chapecoense)
– Tanto nós lá da frente confiamos tremendamente no pessoal de trás, quanto o pessoal de trás confia na gente. Antes da partida eles passaram essa confiança para mim, Tiago, Nenén, Bruno, isso foi determinante para ousarmos, tentarmos jogadas. Pude contribuir com a engrenagem do time nessa vitória. O Tiago fez excelente partida, foi para dentro dos caras, driblou, participou do jogo, fez gol, isso é o conjunto, enquanto tivermos isso, humildade, um correr pelo outro, temos condições de lutarmos até o final para o acesso – garante Athos, que já jogou a Série A pelo Criciúma.
Titular ao lado de Bruno Rangel no ataque do Verdão do Oeste nos últimos jogos, pela lesão de Fabinho Alves, Tiago Luís finalmente comemorou seu primeiro gol pela Chapecoense, e em alto estilo, de forma especial. Foi ele quem abriu o placar da goleada de sexta-feira. Aos quatro minutos, o atacante, aberto pela esquerda, foi para o meio, abriu espaço e arriscou, de fora mesmo, para colocar no ângulo de Rafael Santos (assista o gol no vídeo abaixo).

– Feliz, especialmente pelo gol. Espero que seja o primeiro de muitos. Agradeço ao grupo que vem me ajudando, apoiando. Não só eu, mas os outros atacantes quando entram são mais cobrados porque têm que fazer os gols. Fico feliz pela vitória, pela maneira como foi, está de parabéns o grupo, vamos continuar mantendo o foco jogo a jogo, é isso que vem fazendo a diferença, pensando no próximo jogo, vai ser o mesmo contra o Figueira – disse Tiago Luís.

Dal Pozzo: “Os atletas compram a ideia do técnico”

terça-feira, julho 9th, 2013

Por Anderson Soccol, do Espaço do Verdão

A liderança isolada da Série B do Campeonato Brasileiro, os 90,5% de aproveitamento e a boa largada da Chapecoense na competição têm justificativa para quem tem o comando da equipe. O técnico Gilmar Dal Pozzo garante que os 19 pontos nas sete primeiras partidas é fruto do empenho de seus comandados.

- Se olhar pela tabela, pela pontuação, excepcional. Não podemos perder o nosso forte, nossa característica e identidade: um time bem posicionado dentro de campo, uma equipe que sabe o que quer, que sabe contra-atacar, que sabe jogar em velocidade e que entende a ideia que o técnico pede. Eles estão colocando em prática, tendo postura e atitude porque a gente treina muito. Eles compram a ideia do técnico – disse Dal Pozzo.

"Eles estão colocando em prática, tendo postura e atitude porque a gente treina muito", diz Dal Pozzo'

E a Chape pode ter ainda mais força. O volante Paulinho Dias está de volta à equipe depois de período fora por conta de lesão. Chegou a marcar um dos gols na vitória por 2 a 0 sobre o ASA, na sexta-feira, depois de sair do banco de reservas. O meia Nenén é outro titular no Campeonato Catarinense que em breve pode retornar. Mas o técnico Gilmar Dal Pozzo faz alerta: eles e outros precisam estar no mesmo ritmo da formação que chegou ao sexto triunfo em sete partidas.

- Tem que conquistar e eu tenho que ter critérios e coerência. Os jogadores que estão voltando depois de tempo no departamento médico, vão ter que conquistar aos poucos. É o critério que vou usar com todos, como o Paulinho e o Nenén quando voltar, por exemplo. O André Paulino (zagueiro) estamos avaliando bem a situação. Depois de 30 ou 40 dias, eles não voltam num ritmo da competição. Têm que buscar com treinamento. É um processo gradativo. Vão conquistar com o trabalho e a condição física. Estão vindo de lesões um pouco mais graves, o que requer um pouquinho mais de tempo. A competitividade entre eles é sadia e o critério que estou usando é desta forma, porque os que estão atuando estão num ritmo melhor.

A Chapecoense retoma os treinamentos nesta segunda-feira. Vai iniciar a preparação ao embate da oitava rodada da Série B do Brasileirão. No sábado, encara o Joinville. A partida na Arena Joinville está marcada para às 16h20m.

eXTReMe Tracker