WordPress database error: [Table 'futepoca1.sb_cf7dbplugin_submits' doesn't exist]
ALTER TABLE `sb_cf7dbplugin_submits` MODIFY form_name VARCHAR(127) CHARACTER SET utf8

WordPress database error: [Table 'futepoca1.sb_cf7dbplugin_submits' doesn't exist]
ALTER TABLE `sb_cf7dbplugin_submits` MODIFY field_name VARCHAR(127) CHARACTER SET utf8

WordPress database error: [Table 'futepoca1.sb_cf7dbplugin_submits' doesn't exist]
ALTER TABLE `sb_cf7dbplugin_submits` MODIFY field_value longtext CHARACTER SET utf8

WordPress database error: [Table 'futepoca1.sb_cf7dbplugin_submits' doesn't exist]
ALTER TABLE `sb_cf7dbplugin_submits` ADD COLUMN `field_order` INTEGER

WordPress database error: [Table 'futepoca1.sb_cf7dbplugin_submits' doesn't exist]
ALTER TABLE `sb_cf7dbplugin_submits` ADD COLUMN `file` LONGBLOB

WordPress database error: [Table 'futepoca1.sb_cf7dbplugin_submits' doesn't exist]
ALTER TABLE `sb_cf7dbplugin_submits` ADD INDEX `submit_time_idx` ( `submit_time` )

WordPress database error: [Table 'futepoca1.sb_cf7dbplugin_submits' doesn't exist]
ALTER TABLE `sb_cf7dbplugin_submits` MODIFY COLUMN submit_time DECIMAL(16,4) NOT NULL

WordPress database error: [Table 'futepoca1.sb_cf7dbplugin_submits' doesn't exist]
ALTER TABLE `sb_cf7dbplugin_submits` ADD INDEX `form_name_idx` ( `form_name` )

WordPress database error: [Table 'futepoca1.sb_cf7dbplugin_submits' doesn't exist]
ALTER TABLE `sb_cf7dbplugin_submits` ADD INDEX `form_name_field_name_idx` ( `form_name`, `field_name` )

primeiro turno

Posts Tagged ‘primeiro turno’

Nacional-AM conquista primeiro turno nos pênaltis

segunda-feira, março 19th, 2012

Por Futebol do Amazonas Estatísticas

Na tarde do último sábado (17), o Nacional Futebol Clube conquistou a Taça Estado do Amazonas, o primeiro turno do Barezão 2012. A partida foi realizada no estádio Roberto Simonsen (SESI), em Manaus. No tempo normal, o Princesa do Solimões venceu por 1 a 0, gol de Cacau aos 43 minutos da etapa inicial. Na disputa de pênaltis, o Leão da Vila Municipal venceu por 5 a 4, conquistando o título.

Com um público de 3.108 pagantes e 3.775 presentes para uma renda de R$ 27.080,00 (vinte e sete mil e oitenta reais), as duas torcidas fizeram uma bela festa. Ao fim do jogo, pelo lado do Princesa, os aplausos ao futebol apresentado pela equipe de Aderbal Lana, já pelo lado nacionalino, a felicidade por vencer a grande finalíssima.

O Jogo

A partida contou com dois ingredientes que determinaram a tônica dos 90 minutos. Vindo de uma maratona exaustiva, o Nacional sentiu o cansaço de ter que fazer três jogos em uma semana, Princesa (pelo jogo da ida da grande final), Coritiba (pela Copa do Brasil) e novamente o Tubarão do Solimões (pelo jogo da volta da finalíssima).

O Princesa do Solimões veio de uma semana de treinos e recuperação física, apesar das dificuldades com os treinamentos, devido às fortes chuvas que ocorrem em Manacapuru, o grupo estava 100% focado para reverter o placar adverso sofrido nos seus domínios, quando perdeu por 2 a 1.

Desde o início, o time do Princesa pressionou o adversário, domínio concretizado aos 43 minutos do primeiro tempo, quando Cacau converteu penalidade sofrida por Renato. Acuado em campo e com uma formação defensiva, o Nacional viu sua vantagem ir por água abaixo nos primeiros 45 minutos.

Na etapa complementar, em busca do empate, o Nacional partiu pra cima, dando espaços para o adversário. Em um dos contra-ataques, Renato chegou a marcar o gol que daria o título ao Tubarão, porém o bandeirinha Jeová Rodrigues assinalou impedimento de Simão, jogador que havia cruzado a bola para o atacante. Aos exatos 48 minutos, o árbitro Edmar Campos da Encarnação apitou o fim do jogo em seu tempo normal.

Com um placar agregado em 2 a 2, a disputa foi decidida na cobrança de pênaltis. Fernando e Bené desperdiçaram para o Princesa e Edvan para o Nacional – 5 x 4 – O Nacional sagrou-se campeão da Taça Estado do Amazonas.

Nacional na Copa do Brasil 2013

O título credenciou o Leão da Vila Municipal a representar o Amazonas na Copa do Brasil de 2013, além de garantir uma vaga na grande final do estadual de 2012. Por fora está a possibilidade de participar da Série D de 2012, para isso, o Nacional precisará torcer por duas desistências no grupo A1, onde também está o Penarol, representante confirmado.

Olhos voltados para o Coxa

Após o jogo do sábado (17), jogadores, comissão técnica e diretoria voltam-se completamente para a Copa do Brasil, onde o Leão fará nesta quinta (22) um jogo decisivo. Vindo de um empate sem gols, o Nacional espera garantir a classificação em cima do Coritiba em pleno Couto Pereira.

A partida entre Nacional e Coritiba/PR será realizada no estádio Couto Pereira, em Curitiba (PR), às 18h30 (horário de Manaus). O confronto será transmitido para todo o Brasil pelo canal de TV pago SporTV.

 

Vasco é campeão do primeiro turno

domingo, agosto 23rd, 2009

Fernando Prass – Nota 7,0 – Tranquilo quando exigido, ainda fez bons lançamentos.
Paulo Sérgio – Nota 4,0 – Muito mal, errou passes, cruzamentos e até domínios de bola.
Vilson – Nota 8,5 – Não aguento mais começar toda análise do Vilson com “tá jogando muito”… Mas fazer o que? Tá jogando muito mesmo! Dá bicão quando aperta e sai com classe quando tem espaço. Está se tornando um excelente zagueiro!
Gian – Nota 8,0 – Ganhou a vaga. Praticamente no mesmo nível de seu companheiro.
Ramón – Nota 7,0 – Voltou a jogar bem. Fez um ótimo cruzamento para o primeiro gol, arriscou chutes e marcou com a mesma disposição de sempre!
Matheus – Nota 5,0 – Nulo, tanto defensivamente quanto no apoio. Ficou perdido no meio de campo.
Souza – Nota 7,0 – Outro que mostrou uma disposição impressionante. Atuando mais recuado, não apareceu no ataque mas defendeu muito bem, tanto pelo alto como por baixo.
Enrico – Nota 6,0 – Foi melhor roubando bolas do que armando, mas deu um lançamento primoroso para Alex Teixeira cruzar para Carlos Alberto marcar o segundo gol.
Alex Teixeira- Nota 9,0 – Marcou dois gols em uma partida como profissional pela segunda vez. De quebra, ainda fez excelente cruzmaento para o segundo gol. Tá jogando demais! Finalmente entendeu o que é jogar no Vasco da Gama e da sua importância para o clube. Não tem perdido nem dividida.
Carlos Alberto – Nota 7,5 – Organizou algumas das melhores jogadas do time no primeiro tempo. Depois caiu de rendimento e começou a prender demais a bola.
Élton – Nota 6,5 – A bola bate nele e volta. Mais uma vez deixou a sua marca de penalti, após ele mesmo ter sofrido.
Adriano – Nota 6,5 – Entrou bem no jogo. Teve um gol de cabeça anulado e deu o passe para o quarto tento. Veloz, fez boas jogadas pela ponta esquerda.
Aloísio – Nota 6,0 – Prendeu bem a bola na frente. Só no corpo já tirava os zagueiros. Levou uma entrada criminosa na lateral que o juíz deu apenas amarelo.
Fágner – S/N – Teve pouco tempo para mostrar seu futebol, mas deveria ter começado jogando.
VASCO 4 X 0 IPATINGA

VASCO – Fernando Prass, Paulo Sérgio (Fagner – 35′/2ºT), Vilson, Gian e Ramon; Mateus, Souza, Enrico e Alex Teixeira; Carlos Alberto (Adriano – 24′/2ºT) e Elton (Aloísio – 14′/2ºT). Técnico: Dorival Júnior.

IPATINGA – Fred, Alex Silva, Thiago Matias, Max e Marinho Donizete; Alessandro Lopes (Leandro – 12′/2ºT), Lucas (Luiz Fernando – 35′/2ºT), Max Carrasco e Marcelo Moscatelli; Marcelo Ramos e Diego Silva (Márcio Diogo – 24′/2ºT). Técnico: Émerson Ávila.

Estádio: Maracanã, Rio de Janeiro (RJ)
Árbitro: João Alberto Gomes Duarte (RN)
Auxiliares: Luiz Carlos Camara Bezerra (RN) e José Ricardo Maciel Linhares (ES)
Renda/público: R$ 1.485.275,00 / 76.211 pagantes e 79.636 presentes
Cartões amarelos: Aloísio (VAS); Lucas, Alessandro Lopes e Max (IPA).
GOLS: Alex Teixeira, 11′/1ºT (1-0); Carlos Alberto, 47′/1ºT (2-0); Elton, 11′/2ºT (3-0); Alex Teixeira, 43′/2ºT (4-0)

Por André Schmidt, do Boteco do Portuga.

eXTReMe Tracker