WordPress database error: [Table 'futepoca1.sb_cf7dbplugin_submits' doesn't exist]
ALTER TABLE `sb_cf7dbplugin_submits` MODIFY form_name VARCHAR(127) CHARACTER SET utf8

WordPress database error: [Table 'futepoca1.sb_cf7dbplugin_submits' doesn't exist]
ALTER TABLE `sb_cf7dbplugin_submits` MODIFY field_name VARCHAR(127) CHARACTER SET utf8

WordPress database error: [Table 'futepoca1.sb_cf7dbplugin_submits' doesn't exist]
ALTER TABLE `sb_cf7dbplugin_submits` MODIFY field_value longtext CHARACTER SET utf8

WordPress database error: [Table 'futepoca1.sb_cf7dbplugin_submits' doesn't exist]
ALTER TABLE `sb_cf7dbplugin_submits` ADD COLUMN `field_order` INTEGER

WordPress database error: [Table 'futepoca1.sb_cf7dbplugin_submits' doesn't exist]
ALTER TABLE `sb_cf7dbplugin_submits` ADD COLUMN `file` LONGBLOB

WordPress database error: [Table 'futepoca1.sb_cf7dbplugin_submits' doesn't exist]
ALTER TABLE `sb_cf7dbplugin_submits` ADD INDEX `submit_time_idx` ( `submit_time` )

WordPress database error: [Table 'futepoca1.sb_cf7dbplugin_submits' doesn't exist]
ALTER TABLE `sb_cf7dbplugin_submits` MODIFY COLUMN submit_time DECIMAL(16,4) NOT NULL

WordPress database error: [Table 'futepoca1.sb_cf7dbplugin_submits' doesn't exist]
ALTER TABLE `sb_cf7dbplugin_submits` ADD INDEX `form_name_idx` ( `form_name` )

WordPress database error: [Table 'futepoca1.sb_cf7dbplugin_submits' doesn't exist]
ALTER TABLE `sb_cf7dbplugin_submits` ADD INDEX `form_name_field_name_idx` ( `form_name`, `field_name` )

Santo André

Posts Tagged ‘Santo André’

Santo André demite treinador após derrota na Série C

domingo, setembro 9th, 2012

Via: Blog do Ademar (Futebol Caipira, Nacional e Internacional)
Leia a íntegra


Santo André demite técnico depois de derrota

domingo, setembro 9th, 2012

Por Blog do Ademar.

Foi surpreendente! O Santo André, que vinha lutando pela classificação à segunda fase da Série C do Campeonato Brasileiro, agora está desesperado, com medo do rebaixamento para a Série D. O motivo foi a humilhante derrota, dentro de casa, por 3 a 0 para o Brasiliense-DF, no último sábado (8/9).

Com a nova derrota, o Santo André desabou para a nona colocação, com apenas 12 pontos em 11 jogos, e está na zona do rebaixamento. Faltam apenas três rodadas para o encerramento da primeira fase da Série C.

A péssima campanha não poderia resultar em outra situção, ou seja, o treinador Claudemir Peixoto, que no primeiro semestre levou o União Barbarense ao acesso ao Paulistão, agora acabou demitido no Santo André.

O auxiliar-técnico Allan Dotti assumiu o comando do Santo André interinamente.

“Após reunião com a diretoria, chegamos a um acordo que o melhor, no momento, seria a minha saída. Faz parte do futebol. Com outra pessoal, quem sabe, o time pode reagir”, explicou o treinador, agora desempregado.

Madureira empata e não é mais 100% na Série C

domingo, julho 22nd, 2012

Por FutRJ.

O Madureira empatou neste sábado com o Santo André pela Série C do Campeonato Brasileiro. Com o empate o Tricolor Suburbano perdeu os 100% de aproveitamento conquistado nos três primeiros jogos, mas a invencibilidade continua mantida.

Jogando em casa, o Madureira saiu atrás no placar, mas conseguiu o empate no segundo tempo. O time carioca continua na liderança isolada do Grupo B com dez pontos.

No próximo domingo o Tricolor Suburbano enfrenta o Caxias-RS, às 15h, no estádio Centenário, em Caxias do Sul.

Séries C e D podem começar no final de semana

terça-feira, maio 29th, 2012

Por Blog do Niltinho Ferreira.

A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) pretende cassar, até esta terça-feira (29), as liminares de Treze Futebol Clube (PB) e Santo André (SP), que impedem o começo do Campeonato Brasileiro das Séries C e D.

Se tudo ocorrer dentro dos planos, os torneios iniciam já no próximo domingo, 3 de junho. O problema é que, caso não ocorra a cassação, duas semanas de atraso vão se formar para as 60 equipes envolvidas nos dois torneio nacionais.

Todo esse tempo parado deixará de ser benéfico, do ponto de vista físico e tático, e passará a prejudicar financeiramente  os clubes, pois todos já começam a perder dinheiro de renda de jogos.

Diário Online

CBF divulga tabela básica da Série C 2012

segunda-feira, março 12th, 2012

Por Castanhal Online, informações da CBF

A Diretoria de Competições da CBF divulga nesta segunta-feira a tabela básica do Campeonato Brasileira da Série C 2012. A primeira rodada da competição está marcada para o dia 27 de maio. No dia 4 de novembro acontece a final que decidirá o campeão.

Em 2012, a Série C contará com a participação de clubes tradicionais do futebol brasileiro como Santa Cruz, Fortaleza, Paysandu, Vila Nova, Caxias do Sul, Brasiliense, Oeste e Santo André. A competição terá transmissão televisiva.

Pela primeira vez, os clubes participantes da Série C receberão apoio financeiro da CBF para passagens e hospedagens de suas delegações.

Promovidos da Série D, disputam a C neste ano o Tupi/MG, Santa Cruz/PE, Cuiabá/MT e Oeste/SP. Já os times que foram rebaixados da Série B em 2011 são o Duque de Caxias/RJ, Icasa/CE, Vila Nova/GO e Salgueiro/PE.

Clique aqui e veja a tabela básica da Série C

Confiança-SE pronto pra a Copa São Paulo

segunda-feira, dezembro 26th, 2011

Por Marcelo Araújo, do Nordestebol.

O time sub-18 da Associação Desportiva Confiança está preparado para a disputa da Copa São Paulo de Juniores. O último grande desafio antes da viagem para a cidade paulista de Leme seria na quarta-feira, dia 21, contra o Bahia, no Batistão. Mas, por conta de problemas alegados pelos representantes do tricolor baiano, o jogo foi cancelado.

Na primeira partida amistosa em preparação para o torneio, o Confiança foi até o Centro de Treinamento do Bahia e perdeu por 1 a 0. Depois seguiu até a cidade baiana de São Francisco do Conde e venceu a seleção local por 2 a 1. O sub-18 proletário empatou em 0 a 0 com o Vitória em pleno Barradão.

A caminhada do Confiança na “Copinha” terá início em 3 de janeiro, contra o Internacional. Depois, no dia 05, os garotos enfrentam a Lemense e no dia 09 a disputa é contra o Santo André. Todas as partidas serão realizadas no Estádio Bruno Lazzarini em Leme, a partir das 13h (horário de Aracaju).

Bahia se despede de casa com derrota

domingo, novembro 21st, 2010

Depois de um fraco primeiro tempo, o treinador do Esporte Clube Bahia, Márcio Araújo, declarou:

“Não gostei do jogo, não gostei do resultado. O Coritiba está perdendo por 1×0 e ainda estamos vivos na luta pelo título. Temos que dar muito mais do que estamos dando para essa torcida maravilhosa nesse último jogo em Pituaçu.”

Apesar do Bahia ter tido algumas chances de gol (com Ananias e com Adriano MJ) e até um pênalti não marcado, não tiro nem coloco uma linha sequer. O Santo André, último colocado do Campeonato, também perdeu várias chances…

Bela análise do técnico do Bahia!

Bahia abre o placar aos 23 minutos com Adriano MJ, numa linda assistência de Jael!!

O Santo André, COM UM JOGADOR A MENOS, vira o jogo: Bahia 1×2 Santo André!

Márcio Araújo faz uma leitura daquela e… volta com o mesmo time…

O resultado foi injusto demais com a torcida Tricolor.

Os jogadores pediram, a diretoria atendeu e aumentou o ingresso para R$ 40,00.

A torcida fez a parte dela (COMO SEMPRE) comprou quase 20 mil ingressos e incentivou o time o tempo todo. Não mereciam essa quantidade de água no chopp. NÃO MESMO!!
O objetivo foi alcançado? COM CERTEZA ABSOLUTA!! ESTAMOS NA SÉRIE A 2011 #FATO!!

Porém, essa derrota foi bastante útil para encararmos esse processo de transição com toda seriedade do mundo!! MUITO PRECISA SER MELHORADO!!!

Gostaríamos de saber a opinião de vocês sobre a permanência ou não do técnico Márcio Araújo e também, quais os jogadores que deveriam ficar para 2011!

Por Euclides Almeida, do Sempre Bahia.

Sport tropeça em casa e vê G4 de longe

sábado, novembro 13th, 2010

O Sport ficou mais longe da disputa pelo G4 para retornar à elite do futebol brasileiro. Em um jogo nervoso, o time pernambucano ficou apenas no 1 a 1 diante do Santo André, na Ilha do Retiro, em Recife, pela 36.ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B.

Esse foi o terceiro tropeço seguido do Sport, que antes havia perdido para o São Caetano, por 2 a 1, e empatado com o Vila Nova, por 1 a 1, em GoIânia. Por outro lado, o Santo André fica cada vez mais perto do rebaixamento à Série C de 2011, pois está sem situação complicada.

Dessa forma, o Sport aparece na sexta colocação, com 56 pontos, mas está a somente três pontos do América-MG, atualmente quarto colocado, com 59 pontos, e que seria o dono do acesso nesse momento. Já o Santo André sabe que perdeu boa oportunidade para respirar um pouco mais aliviado, pois pressionou bastante o Sport. Assim, o time paulista é o 19.º colocado, com 37 pontos, e precisa vencer seus dois últimos jogos, além de torcer por combinação de resultados para escapar da degola.

Dois momentos e empate!

O primeiro tempo foi marcado por dois momentos. O primeiro foi dominado pelo Sport, que abriu o placar, enquano que o segundo foi do Santo André, que conseguiu o empate e por pouco não foi para o vestiário com a vantagem. Tocando bastante a bola e pressionando o Ramalhão, o time pernambucano chegou ao gol logo aos nove minutos. Após lançamento do meio-campo, Ciro ajeitou de cabeça para Wilson, que dominou e tocou na saída do goleiro Neneca: 1 a 0.

O Sport permaneceu atacando e podería ter ampliado a vantagem aos 17. Dutra avançou em velocidade pelo lado esquerdou e serviu Marcelinho Paraíba, que dominou e chutou forte. A bola passou à direita do gol de Neneca, para desespero dos torcedores pernambucanos. Após isso, o Santo André passou a jogar mais pelas laterais do campo e mandou na partida.

O empate do time paulista esteve perto aos 35. Aloísio cobrou falta e Magrão chegou antes de Wendel para salvar o Sport. Cinco minutos depois, o goleiro do time pernambucano nada conseguiu fazer. Rychely aproveitou sobra de bola dentro da área, dominou e chutou forte para empatar o jogo: 1 a 1. A virada do Ramalhão parou no travessão. Cicinho cruzou do lado direito e a bola carimbou o poste de cima da meta de Magrão. Logo em seguida, o árbitro encerrou o primeiro tempo.

Leão nervoso!

No segundo tempo, o Sport mostrou outra postura. Nervoso em campo, o Leão da Ilha não conseguiu criar boas oportunidades e isso comprometeu o decorrer do jogo para o time pernambucano. Assim, o Santo André tentou tirar proveito e até chegou perto do segundo gol. Aos 16 minutos, Alan lançou para dentro da área e encontrou Borebi pelo lado esquerdo. O atacante dominou e chutou colocado, mas Magrão fez boa defesa. Quatro minutos depois, Alan chutou da entrada da área e a bola passou à direita do gol.

Com Elton em campo, o Sport passou a criar algumas jogadas de ataque, mas ainda faltava pontaria. Aos 24, o baixinho chutou de longe e a bola foi por cima da meta de Neneca. A resposta do Santo André veio em um erro do time da casa. Aos 30 minutos, após recuo mal executado, Rychely dominou e chutou cruzado de dentro da área. A bola passou à esquerda de Magrão, que fechou bem o ângulo, dificultando o arremate o atacante andreense.

Pressão do Ramalhão

Após isso, o Santo André passou a pressionar o Sport, já que o empate ainda mantém o time paulista em situação complicada. Aos 34, Aloísio arriscou da entrada da área, o goleiro Magrão desviou e a bola ainda acertou a trave. Na sobra, a bola voltou para as mãos do arqueiro do time pernambucano. Para piorar as coisas para o Sport, Romerito sofreu uma pancanda e teve que deixar o campo na maca. Como já havia realizado as três substituições, o rubro-negro terminou o jogo com oito atletas, já que Dutra e André Leone seriam expulsos em seguida.

Mesmo assim, o Sport esteve perto do gol da vitória. Aos 41, Wilson recebeu de costas para o gol, fez o giro e chutou forte. A bola desviou na zaga e passou muito perto da meta de Neneca. O Ramalhão poderia ter feito o gol da vitória em grande estilo. Cicinho aproveitou a saída errada de Magrão e, do meio-campo, chutou por cobertura. A bola passou pelo goleiro do Sport, mas André Leone salvou o que seria a derrota do time pernambucano.

Próximos Jogos!

Pela 37.ª rodada, a penúltima, os times irão jogar no próximo sábado, dia 20, às 17 horas. O Sport enfrenta o América-MG, na Arena do Jacaré, em Sete Lagoas. Já o Santo André enfranta o Bahia, no Estádio de Pituaçu, em Salvador.

Sport 1 x 1 Santo André

Local: Estádio Ilha do Retiro, em Recife-PE
Renda: R$ 101.358,00
Público: 16.351 pagantes
Assistentes: Ediney Guerreiro Mascarenhas-RJ e Vinicius da Vitória Nascimento-RJ
Árbitro: Gutemberg de Paula Fonseca-RJCartões amarelos: Romerito, Ciro e Montoya (Sport); Allan, Dênis, Douglas e Rychely (Santo André)
Cartões vermelhos: Dutra e André Leone (Sport)
Gols: Wilson 9’/1T (Sport); Rychely 40’/1T (Santo André)

Sport
Magrão; Renato (Dadá), André Leone, Igor e Dutra; Germano (Fabrício), Daniel Paulista, Romerito e Marcelinho Paraíba; Ciro (Elton) e Wilson.
Técnico: Geninho.

Santo André
Neneca; Cicinho, Douglas (Marques), Toninho e Dênis; Wendel, Walker (Sandro Hiroshi), Allan (Makelele) e Aloísio; Rychely e Borebi.
Técnico: Jair Picerni.

Por Allan Pereira, do Blog do Sport.

De virada, Lusa bate o Santo André

quarta-feira, maio 26th, 2010

Sem emoção não é a Portuguesa. Três unhas quebradas, mais alguns fios de cabelo branco, um semi-ataque cardíaco, um chá para acalmar e mais três pontos na tabela. Esse foi o saldo do jogo entre Santo André e Portuguesa.

A Lusa começou atrás do marcador, com uma falha do Preto Costa (outra vez ele) que entregou o primeiro gol para o time do ABC.  Em seguida, Athirson fez um belo passe para Kempes que empatou a partida.

Aos 25 minutos, Anderson Gomes aproveitou o rebote de Andrey marcou mais um para o vice-campeão paulista, mas cinco minutos depois Kempes empatou o jogo. Em dois jogos, Kempes fez mais gol do que toda a série B o ano passado.

Contra o Coritiba, Kempes entrou no segundo e teve um bom desempenho. Ganhou a confiança de Vadão e a vaga de titular contra o Santo André e provou porque merece entrar logo no início da partida. Kempes foi muito bem, além dos dois gols, mostrou raça e determinação. Acho que me precipitei em reclamar  do “craque”, espero que ele continue nesse ritmo, melhorando a cada jogo e fazendo cada vez mais gols.

No início da etapa complementar, Athirson sofreu pênalti e Héverton convertou. A Lusa, enfim, virou o jogo. Em seguida um belo passe de Fabrício para Kempes, que cruzou para Héverton marcar o quarto gol rubro-verde.

Porém, com mais uma falha da zaga lusitana, mas dessa vez, de Maurício, o time do ABC marcou o terceiro.

O jogo acabou 4 a 3 e acho que ninguém morreu do coração! Kempes ainda perdeu diversos gols e a zaga lusitana continuou errando, uma verdadeira peneira.

Mas o jogo foi bom, Vadão dá outra cara para a equipe lusitana. O meio de campo e o ataque estão bem, falta melhorar a zaga. Domingos faz falta na Lusa, o zagueiro passa segurança para os demais, e o goleiro Andrey falhou nos gols, por insegurança!!! Que os cartolas lusitanos renovem o contrato do Domingos.

Dizem que o goleiro Weverton, do Botafogo-SP, é certeza no Canindé, tomara que seja verdade.

Apesar do sofrimento, gostei do jogo! Agora, só mais 34 rodadas para a séria A!

Por Michelle Abilio, do Boteco da Lusa.

Vitória maiúscula do Paraná

quarta-feira, maio 19th, 2010

Mais um jogo eficaz do Paraná em casa.

E o adversário não foi qualquer um. O vice paulista não viu a cor da bola.

O Paraná dominou o jogo e não deu espaço ao adversário. Apenas nos primeiros minutos de jogo o jogo foi equilibrado. A forte marcação e a velocidade nos contra-ataques atormentaram o time do Sérgio Soares que no intervalo se dirigiu aos jogadores no vestiário aos gritos. Naquele momento o Paraná já ganhava por 2 a 0.

O primeiro gol aconteceu em uma cobrança lateral.

Gralak cobrou na cabeça de Saulo que fez o primeiro gol da noite.

Opa, revisando, André Luiz cobrou para Leandro Bocão fazer o seu terceiro gol no campeonato.

O segundo gol aconteceu num cruzamento do bom jogador Gílson e Wanderson apenas escorou para as redes.

O último gol da fria e chuvosa noite de Curitiba foi do volante, disse volante, João Paulo. Aliás, uma pintura de gol. Ele recebou na área e com um toque sutil tirou do goleiro “Marcelinho Carioca” que espera um cruzamento.

A coincidência do resultado em relação ao jogo do Ipatinga não é por acaso. O segredo é que o Paraná fez o gol antes do adversário e antes dos 25 minutos.

Com isto a tranquilidade aumenta e como a defesa do Paraná é muito boa dificulta ao adversário ter reais chances de gol.

O problema é quando o adversário faz o gol primeiro, como aconteceu contra a Ponte Preta. Mas acredito que esta situação deverá ser treinada e ajustada para futuras partidas.

Parabéns mais uma vez aos pouco mais de 3000 torcedores que foram à Vila. O tempo não vem ajudando e a falta de conforto no estádio prejudica muito para que as famílias prestigiem o Tricolor. Mas tomara que nos próximos jogos o tempo esteja favorável, apesar de estarmos num período de frio e chuva em Curitiba.

A vitória na próxima partida fora de casa contra o Duque de Caxias é fundamental.

Por Luís Hansen, do Torcedor Paranista.

eXTReMe Tracker